Escolha uma Página

Chegou hoje, 30 de dezembro, baseada no podcast ‘Equinox 1985’, a nova série de suspense original dinamarquesa da Netflix, ‘Equinox‘. Para quem curte um drama familiar, aliado a um bom suspense investigativo, com pitadas de mitologias que envolvem rituais e seitas sobrenaturais, certamente essa série é para você!

Essa história que pode soar  lenta e decepcionante para aqueles que amam uma adrenalina e muitos sustos [O que não é meu caso], acompanha Astrid.

Astrid, é uma apresentadora de rádio, que após uma ligação de um ouvinte, os traumas que envolvem o desaparecimento de sua irmã, durante uma viagem de escola em 1999, voltam a tona. A verdade é que estes fantasmas do passado de Astrid sempre estiveram ali, adormecidos. O reflexo disso está na família que construiu, onde mesmo os amando, prefere se manter longe.

‘Equinox’ então, narra a busca por respostas de Astrid, com base nas vagas lembranças que ainda possui, e nas declarações rasas dos que estavam envolvidos de alguma forma no passado.

A Netflix é a pioneira em incorporar em seu catálogo séries de diversos lugares do mundo, e consumindo-as é visível a forma que os europeus conduzem suas histórias. Sem pressa, em doses homeopáticas de forma que o espectador possa digerir cada mensagem, cada explicação que nos é oferecido. Com ‘Equinox’ não é diferente.

A série é um bem bolado de muito do que amamos. De Stranger Things à Codigo Da Vinci . E através de uma contação de história que intercala o presente e o passado, conhecemos as camadas de cada personagem e o que os levaram até onde estão [ou estavam]. E é através de muitos mistérios, que envolve segredos familiares, cultos satânicos e … demônios, talvez?! Que deciframos -ou não- os segredos dessa trama.

Quando falamos de uma produção que intercala linhas temporais, é sempre bom mencionar a edição, que neste caso é bem clara para o público.

‘Equinox’ é corajosa ao misturar elementos fantásticos à problemas sérios que envolvem tantos os adolescentes, com a abordagem sobre estupro e relacionamento abusivo; quanto os adultos com seus disturbios psicológicos. Podemos dizer que a produção usa a saúde mental como um dos principais fios condutores.

Mesmo com um final que dividirá opiniões, ‘Equinox’ prova ser um show sobre como diferentes reações à perda podem afetar aqueles que ficaram para trás; e sobre como os pais nunca podem ter certeza de que as decisões de seus filhos são certas, mas sabem que as decisões erradas podem ser para sempre.

Definitivamente uma história sobre como pessoas vulneráveis são levadas a crenças surreais; onde você se pegará enfeitiçado. Uma boa pedida para os menos críticos.

 

Equinox já está disponível na Netflix.