Escolha uma Página

Hoje, 12 de setembro, acontece completamente online, o segundo dia do DC FanDome e começamos assistindo o painel de ‘Patrulha do Destino‘, que não teve muitas revelações. Somente um bate papo, sem entregar muito sobre a nova temporada.

Os arores falaram sobre sua experiência no set e como foi a sensação de voltar para o novo ano do show:

“Não dá pra acostumar com toda a  loucura, porque essa série é fenomenal e nossa equipe tem ideias incríveis. Constantemente buscamos roteiros como atores e ficamos perplexos e são mais loucos a cada episódio. Para mim é uma das melhores coisas, foi termos que voltar e fazer tudo de novo, e temos uma familia com a qual nos indentificamos, que todos agora entendem é uma série em um mundo que não entendemos totalmente mas estamos começando a entender.” – Contou Joivan Waide que interpreta o Ciborgue. A nova integrante do elenco, Abigail Shapiro, complementa: “Tem sido muito legal na verdade, é o meu primeiro trabalho na TV, então sou muito grata por ter tido um ótima experiência. Por trabalhar nesta série, eu pude fazer coisas que sempre tive vontade como atriz, tem sido muito legal. Eu me diverti muito lendo os roteiros, são muito bem escritos e loucos. Eu mal podia esperar para ler o próximo.”

April Bowlby deu alguns detalhes sobre a construção da sua personagem na temporada 2: “Rita sofre Sindrome do Impostor, e acho que durante toda a vida por saber que a mãe conseguia as coisas por meios obscuros. Ela não sabe seu lugar. Ela acredita não pertencer a lugar nenhum. E por isso ela é tão narcisista na temporada 1. No segundo ano ela começa a baixar a guarda, começa a olhar para tras e perceber o dano que uma figura parental causou na sua vida e reinvindica isso. Ela começa a deixar de ver os poderes como fraqueza e começa a testar suas habilidades em vez de se estressar.”

No decorrer do painel perguntas dos fãs foram feitas e uma em especial foi exttremamente significativa e deixou até mesmo os atores emocionados, por se tratar de algo tão real que é a saúde mental. O jovem comentou o fato de Patrulha do destino ser uma série tão maluca e cheia de camadas e com alguns personagens com problemas familiares sérios, e depois perguntou o que os traumas e as doenças mentais de sues personagens significam nas suas vidas e como eles lidavam, a atriz Diane Guerrero que interpreta a Crazy Jane respondeu: “Acho q desfazer o estigma da saúde mental é muito importante, é algo muito desprezado. Adoro o fato da nossa série abordar esse tema e adoro o fato de não ser só focado na Crazy Jane, que a princípio seria, por ela ter multiplas personalidades, mas então você percebe que todos nós temos problemas e acho que isso conversa com muitas pessoas, como seres humanos precisamos de saúde mental. É importante no nosso dia-a-dia. É importante para nossa sobrevivência. Jane me ensinou que nada é pequeno demais para que não precisemos nos importar.”

Outra novidade é  renovação da série para seu terceiro ano!

“se conseguirem um jeito de crescer. Tanto figurativamente quanto literalmente”. A frase faz referência ao final do 1º ano, e as consequências da vitória do grupo contra o Sr. Ninguém (Alan Tudyk).”

O elenco é composto por Brendan Fraser, Matt Bomer, April Bowlby, Diane Guerrero, Timothy Dalton e Joivan Wade.

A série estreia está disponível no HBO Go.

LEIA MAIS SOBRE SÉRIES