Escolha uma Página

Recentemente chegou ao Prime vídeo, o filme ‘A assistente‘, uma obra claustrofóbica, que retrata os abusos psicológicos sofridos em um ambiente de trabalho.

Quando somos jovens, muitas das vezes aceitamos algumas coisas que trarão consequência futuras para nós, principalmente no âmbito profissional. Buscamos status, reconhecimento e muitas das vezes nos calamos perante atitudes que nos são impostas. Um sonho, pode virar um pesadelo da noite para o dia. A profissão dos seus sonhos, aquilo que você estudou por anos, pode trazer traumas se desenvolvido de forma errada. ‘A assistente’ deveria vir com um alerta de gatilho, pois sim eles existem.

Julia Garner simplesmente brilha como a frágil jovem encarregada de mover mundo e fundos para suprir as vontades sem precedentes do executivo, que vão além do que seu cargo lhe compete. Sim, essa é a história da vida e muitas pessoas, e por isso ‘A Assistente é tão visceral (de maneira silenciosa) e necessária ao mesmo tempo.

Diferente de recentes produções que vimos, esta não documenta os abusos físicos relatados por tantas pessoas nos últimos anos; em vez disso, ele explora o assédio e o controle psicológicos dos indivíduos.

Não se deixe enganar pelo ritmo de ‘A Assistente’, os primeiros minutos nos apresenta o tom sufocante de um indivíduo que não consegue se ver livre, mas logo entendemos o que quer nos dizer.

Por mais que ‘A assistente’ mostre homens exercendo controle sobre uma mulher, o longa também mostra como o local de trabalho tóxico consegue infectar outras pessoas; bem como uma laranja podre da fruteira.

A obra mostra com maestria como Weinstein lidava com seus funcionários, e como fez para que isso se mantivesse por tantos anos. Um grito de alerta, que merece ser assistido!

‘A Assistente’ está disponível no Prime Video.