A segunda temporada de The Umbrella Academy chegou na Netflix mais iluminada, colorida e com atuações mais fortes, coesas; entregando uma execução rica em detalhes e extremamente bem construída. Mas além disso, a série foi além da fantasia e trouxe ao longo dos 10 episódios debates sociais bem atuais e profundos, como homofobia e o racismo.

Em entrevista à Cosmopolitan, a atriz Ellen Page, que vive a personagem Vanya no show, falou mais sobre essas questões de aprofundamento na trama:

“A série explora questões levantadas durante o movimento dos direitos civis, exemplos terríveis de brutalidade policial, a maneira como manifestantes pacíficos e os negros são tratados, e como isso não mudou. Eu acho que será evidente para uma gama maior de pessoas ver o que está acontecendo, e o que nossa sociedade realmente .”

Ainda em outra matéria, agora ao portal Geek Culture, quem se manifestou foi o showrunner Steve Blackman:

“A Verdade é que queríamos mostrar como Allison era uma pessoa negra em Dallas 1963, ou Vanya sendo uma pessoa homossexual, no mesmo período.”

Durante o painel do TCA [Via Deadline] da série, a atriz Emmy Raver-Lampman que vive a Allison na série, mencionou o impacto do show sendo lançado atualmente.. Ela ressalta que muitas pessoas podem ver a luta de nosso país como algo que aconteceu há muito tempo na história. Eles também podem vê-lo como algo não relacionado aos eventos de hoje, mas não é:

 “Ter Allison como parte do movimento dos direitos civis e assistir a violência se desenrolar diante de seus olhos – não há muita diferença entre essa violência e a violência que estamos assistindo em nossas televisões hoje… Estamos lidando com racismo sistêmico em nosso país, injustiça e ódio em um nível tão profundamente enraizado… Sim, houve avanços no fim do ódio e do racismo sistêmico, mas isso não está nem perto do fim e está agora nos nossos ombros desta geração e da geração futura. Esta temporada, especialmente na sequência da [morte] de George Floyd e do movimento Black Lives Matter, está iluminando mais o fato de que ainda é relevante e que a luta ainda está sendo travada. ”

Confesso como expectadora, poder conferir esses debates dentro de ‘Umbrella Academy’ trouxe a trama para um outro patamar e aproximou o espectador da história, mesmo sendo algo voltado para a fantasia, o espectador pode sentir sua luta sendo representada de maneira muito real e profunda, em uma época onde essas dores eram sentidas de maneira muito mais profunda.

O elenco conta com: Ellen Page, Tom Hopper, David Castañeda, Robert Sheehan, Emmy Raver-Lampman e Justin H. Min. Blackman.

‘The Umbrella Academy’ se baseia nos quadrinhos de Gerard Way e Gabriel Bá. E ao que tudo indica o segundo ano do show, focará nos eventos do segundo título da série de quadrinhos, intitulado ‘Dallas‘ com liberdade criativa, e não seguindo o mesmo fielmente.

Os poderes do Número Cinco manipulam o espaço e o tempo, então não é apenas Dallas, mas Dallas nos anos 60. Mas, como sabemos, o controle de cinco por seus poderes nunca foi terrivelmente bem refinado, então a equipe se divide no processo, com cada um chegando a Dallas em um momento ligeiramente diferente. Então, mais uma vez, cabe a ele passar a temporada reunindo a equipe na esperança de evitar o desastre. Talvez desta vez eles tenham sucesso.

Leia aqui nossas primeiras impressões da 2ª temporada.

As temporadas de Umbrella Academy já estão disponíveis na Netflix.

Umbrella Academy Volume 1: Suíte do Apocalipse – aqui
Umbrella Academy Volume 2: Dallas – aqui
Umbrella Academy Volume 3: Hotel Oblivion – aqui

VEJA MAIS SOBRE SÉRIES