Escolha uma Página

Quando Robert Pattinson foi anunciado como Batman, as reações dos fãs foram as mais diversas possíveis. Muitos que ainda lembravam do ator como o protagonista de Crepúsculo acharam que ele não seria bom o suficiente para assumir o manto do Morcego de Gotham. Felizmente, a produção de The Batman não ligou para isso e Pattinson já está, inclusive, gravando suas cenas.  

Essa responsabilidade não é de hoje, afinal, nomes como Michael Keaton e Christian Bale viveram o personagem e certamente sofreram a mesma pressão. Da mesma forma, muitos não era favoráveis a ideia ed Heath Ledger como o Coringa de Christopher Nolan e o ator literalmente deu sua vida pelo personagem. Ledger ainda ganhou o Oscar de Melhor Ator pelo vilão e se tornou uma lenda. É difícil julgar Pattinson sem tê-lo visto em cena, mas é possível entender um pouco de seu lado. 

Em entrevista recente, o ator comentou sobre a pressão:

“ Eu penso em muita coisa. É divertido, pois eu já estive em filmes onde vive personagens monstruosos. E sempre quando estou promovendo esses filmes, geralmente ninguém dá importância. Eu percebi recentemente que sempre que eu digo uma frase sobre Batman, existe uma repercussão massiva de ofensas vindas dos fãs de Batman. É muito ruim. E algo interessante sobre Batman é que ele já foi interpretado por muitas pessoas diferentes, de formas diferentes. Os quadrinhos dão a base, os filmes completam. Se você for tentar interpretar um tipo do Batman histórico, você pode literalmente fazer qualquer coisa. Eu acho que é mais ou menos isso que o Matt Reeves está tentando fazer e é por onde eu quero ir”. 

Para ele, não existe uma forma definitiva para viver o personagem e essa é uma das razões pelas quais o Batman se tornou tão popular. O Cavaleiro das Trevas é capaz de ser atualizada e reiventado para audiências mais modernas, algo que o ator de 34 anos tentará trazer em sua versão. 

The Batman tem previsão de chegar aos cinemas em 2022.