The Conners é uma sitcon criada pela ABC para dar continuidade à aclamada série Roseanne. O programa segue uma família da classe trabalhadora que luta para sobreviver com uma renda familiar modesta. Após a morte do personagem principal da série original Roseanne , eles são forçados a enfrentar as lutas diárias da vida em sua casa na fictícia meados de estado exurb de Lanford, Illinois , de uma forma nunca antes.

Listamos aqui 5 motivos para começar a assistir!

1. SPIN OFF

‘The Conners’ é o spinoff da série Roseanne. Muitos foram relutantes em assistir, pois o mesmo surgiu após a demissão de Roseanne Barr, após inúmeros tuites ofensívos. No entanto, acabou surpreendendo.

2. CRÍTICA

O programa recebeu críticas positivas (índice de aprovação de 92 por cento no Rotten Tomatoes) para sua primeira temporada pela crítica especializada. No entanto, o público, ainda relutante, não curtiu muito. Tal dado é a personificação do que um fandom pode fazer com uma série, então se permita.

3. RITMO

Mesmo sem a sua personagem principal, a série continia mantendo o mesmo ritmo o que é gratificante para os fãs mais fervorosos da produção e que esperavam se decepcionar. Muito se pensou como seria o clima após a saída de Barr, mas por mais que tenha, o elenco não deixa transparecer. Eles choram, fazem piadas eagem como qualquer pessoa faria na mesma situação na vida real.

4. POLÍTICA

Como seu antecessor, o programa não tem medo de abordar uma série de questões urgentes. Como você pode esperar, membros da família discordam sobre política, religião e as questões sobre imigração, além de tudo o mais que costuma-se debater no dia-a-dia.

5. GERRA CULTURAL

O show é extremamente assertivo em debater questões tabu que ainda hoje são discutidas e descontruidas, tais como transfobia, apropriação cultural, entre outros.

Esta família icônica – Dan, Jackie, Darlene, Becky e D.J. – luta contra a paternidade, namoro, uma gravidez inesperada, pressões financeiras, envelhecimento e sogros na classe trabalhadora americana.

A série não é exibida no Brasil.