Escolha uma Página

É impossível falar de Marvel em 2020 sem mencionar o nome de Chadwick Boseman. O ator, que interpretou o Pantera Negra, faleceu em agosto deste ano, vítima de um câncer no cólon. Em um painel que reuniu os irmãos Joe e Anthony Russo, convidados da CCXP Worlds, os dois aproveitaram para falar sobre pessoas com quem trabalharam ao longo da vida e uma delas foi Boseman. 

Anthony Russo contou ainda, que durante as filmagens de Capitão América: Guerra Civil, Chadwick trabalhou incansavelmente no sotaque do personagem, procurando mante-lo até mesmo quando as câmeras não estavam gravando.

“Ele era a melhor inspiração, o melhor ser humano e um exemplo de profissionalismo. Mesmo entre os atores no ápice de suas carreiras, ele se destacava por sua dedicação” – comentou Anthony. 

Joe ainda continuou:

“Ele não era apenas um ator, ele era um cineasta. Ele entendia como fazer filmes, construir histórias. Ele não queria que a doença fosse notícia. Ele queria que [o filme] Pantera Negra e seu elenco quase todo negro fosse notícia. Essa foi uma das coisas mais corajosas que já vimos alguém fazer”.

Já quando o assunto foram os filmes da Marvel, os Russo garantiram que vão guardar sempre com carinho o que aprenderam por lá.

“Nós não podíamos ter pedido por parceiros melhores. Eles são incrivelmente colaborativos, te pressionam das melhores maneiras possíveis e ficam felizes quando você traz ideias que eles não estavam pensando. É o melhor grupo de pessoas com quem você poderia trabalhar. A vantagem de trabalhar em filmes do tamanho e viabilidade comercial da Marvel é que isso permite que você use seu capital intelectual para fazer [produções] de assuntos mais complicados”.

Os irmãos ainda não sabem como será seu futuro na Marvel, mas certamente esperamos por grandes coisas.