Escolha uma Página

A primeira parte da quinta temporada de Lucifer chega esta sexta-feira à Netflix. No dia 21 de agosto, os fãs do diabo mais famoso da televisão terão a volta de seus amados personagens e conhecerão novas adições ao elenco. De acordo com o trailer, divulgado pelo streaming, uma grande surpresa estará na presente na temporada. Lucifer não fará seu retorno à Terra logo nos primeiros episódios, como imaginamos. Em seu lugar, conheceremos Michael, ou Miguel, como foi traduzido em português. O trailer revela que ele é irmão gêmeo idêntico de Lucifer e será também, a primeira vez que o Arcanjo Miguel estará aparecendo na história.

Mas afinal, qual a história de Miguel?

São Miguel Arcanjo é um dos guerreiros de Deus mais conhecidos. Ele é visto muitas vezes em suas frequentes lutas contra o mal, especialmente o mal personificado em Lúcifer. Dentro da hierarquia do céu, os anjos que vivem em contato com os homens são classificados em camadas inferiores. Os arcanjos, por exemplo, constituem o segundo coro angélico.

Em uma das passagens mais conhecidas da Bíblia, houve uma grande batalha no céu entre Lúcifer, juntamente com um terço dos anjos, e outros arcanjos. O resultado foi a queda do “anjo do mal”.

“Houve uma batalha no céu. Miguel e seus anjos tiveram de combater o Dragão. O Dragão e seus anjos travaram combate, mas não prevaleceram. E já não houve lugar no céu para eles. Foi então precipitado o grande Dragão, a primitiva Serpente, chamado Demônio e Satanás, o sedutor do mundo inteiro. Foi precipitado na terra, e com eles os seus anjos” (Ap 12, 7-9).

São Miguel, mesmo sendo de uma hierarquia inferior, é chamado por muitos de “príncipe da milícia celeste”. Dizem que ele era, dentre os anjos fiéis a Deus, o que tinha um amor mais superior. Foi quem se manteve calmo e fiel nos momentos de batalha e quem manteve a “chama viva nos piores momentos, quando tudo estava escuro e parecia que metade dos anjos ia se rebelar.” Por isso, Miguel ficou conhecido como o lutador infatigável e invencível. Até mesmo os seguidores de Lúcifer reconheceram que nenhum dardo envenenado poderia penetrar a couraça de fé de Miguel.

Em hebraico, Miguel significa “aquele que é similar a Deus”. Em uma passagem do apocalipse, será ele que irá liderar os exércitos de Deus contra as forças do Diabo, derrotando-o em uma guerra no céu. Miguel é geralmente citado ao lado dos irmãos, os arcanjos Rafael e Gabriel. Eles fazem parte do grupo dos “sete espíritos” citados no livro do Apocalipse. São Miguel é considerado o guardião celeste, o chefe supremo do exército celestial. É também conhecido como o Arcanjo da Justiça e Arcanjo do arrependimento.

Será que o Miguel da série seguirá as mesmas doutrinas do Miguel da Bíblia e travará uma guerra contra Lucifer?

A quinta temporada chega sexta-feira (21) à Netflix.

LEIA MAIS SOBRE SÉRIES