Elenco fala sobre a despedida de Guardiões da Galáxia

Preparados para se despedir?

À convite da Disney, tivemos a oportunidade de participar da coletiva mundial de lançamento do filme Guardiões da Galáxia Vol.3. filme que encerra a trajetória dessa equipe que passamos a amar.

Mediada por Nathan Fillion, que participa do longa também, o papo contou com a presença de Kevin Feige, presidente da Marvel Studios, Sean Gunn, Chris Pratt, Pom Klementieff, Karen Gillan, Will Poulter que interpreta Adam Warlock, Maria Bakalova que dá voz à Cosmo, Chukwudi Iwuji que interpreta o Alto evolucinário, e por fim, James Gunn, diretor e roteirista.

Desde o início, os materiais de divulgação de Guardiões Vol.3 mostrou um tom de despedida. Foram mais de 10 anos acompanhando essa equipe, no entanto, o que parece ser o encerramento da trilogia nos mostrará o passado de Rocket e quão importante ele é para essa família.

Gunn conta que nunca pensou que Guardiões da Galáxia seria o sucesso que foi e comenta sobre como se sente ao se despedir.

“Eu senti como se estivéssemos fazendo algo diferente. Eu senti que, o mundo precisava de uma fantasia espacial diferente das que tínhamos visto antes. Então, fiquei muito agradavelmente surpreso quando minhas maiores esperanças se tornaram realidade. Mas acho que em termos da história que estávamos contando nos três filmes, acho que tive uma espécie de noção de como seria desde o início…. Vou sentir falta dos personagens. Essa é a parte mais triste para mim, é que eu realmente amo esses personagens. Eu amo todos eles. Acho que há alguns pelos quais tenho um carinho especial, especialmente Rocket. E sim, a parte mais triste de tudo isso. Vou ver todas essas pessoas novamente. São todos amigos meus. Mas eu não vou ver o personagem. Não vou escrever os personagens novamente, pelo menos não em um futuro próximo. E então, isso é uma verdadeira tristeza, sim.”

Desde o capítulo final de Vingadores, passando por Thor: Amor e Trovão, até o especial de natal dos Guardiões; vimos o Senhor das Estrelas sofrendo com a perda de Gamora. Ele tem sua “família”, pessoas que o amam, mas aparentemente não é suficiente. é como se faltasse algo, algo mal resolvido. Ele reclama de ser deixado para trás, mas ele mesmo deixou pessoas para trás.

“Ele está perdido. Ele definitivamente está perdido” – reflete Chris Pratt sobre Starlord “Eu acho que é uma condição bastante humana. Acho que, muitas vezes, nos encontramos em nossos relacionamentos ou nas afiliações que temos com uma equipe ou uma família ou o que quer que seja. E ele está perdido. Então, sim, no começo ele estava fugindo da morte de sua mãe, mas ele fingiu ser esse personagem baseado nesses ícones da cultura pop de sua infância no final dos anos 80… ele é um cara que está constantemente procurando por quem ele é. E então ele se encontrou novamente em seu relacionamento com Gamora. E então, quando isso é tirado dele, ele percebe que nenhum desses caras é o Quill, nenhuma delas era o verdadeiro ele. E assim, ele está, ele está perdido. E isso provavelmente significa que ele está triste.”

Esse tom dramático que Pratt carrega em sua fala dita muito do que veremos em Guardiões da Galáxia Vol.3, mas não se deixe enganar, Gunn faz um trabalho brilhante e consegue equilibrar com maestria não somente a carga dramática mas também a ação. São muito sentimentos. Você vai rir, se emocionar e terminar pensando. “Sim, eu veria esse filme de novo”.

Feige explica que quando tiveram a ideia de trazer Guardiões para as telas, eles queriam mostrar que não estavam fazendo “somente filmes de super-heróis”

“Não queremos apenas fazer filmes do Homem de Ferro ou filmes dos Vingadores. E queríamos fazer, como James disse antes, um grande filme espacial. E funcionou de uma forma louca. Funcionou inteiramente por causa de James Gunn. Então, parece que essa trilogia, e James escrevendo e dirigindo todos os três, representa algo único dentro do panteão do MCU, do qual tenho muito orgulho.”

A trilha sonora deste terceiro filme é algo fora da curva. Não que Guardiões já não carregue isso consigo, mas tem de fato um diferencial. Elas ditam o tom de cada cena como um grande clipe de drama, ou de ação… Sem dúvida um dos pontos positivos.

Em suma, o final desta trilogia encerra e inicia ciclos de maneira orgânica e emocionante, mas com o gosto agridoce do fim impecável.

Guardiões da Galáxia Vol.3 chega no dia 04 de maio, nos cinemas!

LEIA MAIS SOBRE FILMES

Acompanhe a gente também no Youtube no Instagram e no Tiktok! Tem conteúdos por lá todos os dias! Para apoiar nosso trabalho, acesse catarse/crisepanda 😉 Obrigada!!