TECNOLOGIA QUANDO ERRA DÁ NISSO!

Confiável, preciso, rápido e leve. Essas são as premissas principais do Google Maps, serviço de localização da Google (dããã). Mas nem sempre essas premissas são cumpridas com exatidão.

O caso mais recente que podemos citar é o curioso erro que está lotando o pequeno vilarejo de Fossmork na Noruega com turistas desavisados.

Vamos explicar: muitos turistas vão para a região atrás da colina Preikestolen. bastante conhecida por sua ponta quadrada e belíssimo visual do Fiorde de Lyse. Mas acontece que um erro está jogando os turistas para Fossmork.

O grande problema número um é que a distância entre o vilarejo e a colina é de aproximadamente 30 quilômetros, o que não seria tanta coisa se não fosse o grande problema número dois, que é citado por Gunnar Bøe, um morador do vilarejo.

“O Google Maps os leva pela ponte Lysefjord e até Fossmork. A estrada é bastante íngreme e eles muitas vezes se chateiam ao descobrir que tem que voltar.

De acordo com a moradora Helge Fossmark, cerca de 10 a 15 veículos chegam ao vilarejo por dia achando que estão em Preikestolen.

“Houve um americano que queria comprar uma cabana. Ele achou que o lugar era fantástico”

Em resposta ao problema, o Google afirmou que encoraja seus usuários a reportar qualquer tipo de erro encontrado para que a empresa possa continuar a melhorar seus serviços. Essa não é a primeira vez que algo do tipo: em 2016, a cidade de Kidlington, no Reino Unido, foi invadida por turistas chineses que chegaram lá graças a um problema no sistema de mapas.

Veja mais sobre Tecnologia

Compartilhe: