Música | Bebe Rexha divulga a primeira parte de seu álbum de estreia!

Música | Bebe Rexha divulga a primeira parte de seu álbum de estreia!

TOMA MÚSICA PRA COMEÇAR BEM O DIA!

Olá, coxinhos e coxinhas! A Bebe Rexha está por aí atrás do seu lugar no mundo musical, e não é que a garota está conseguindo o que quer? Depois dos sucessos Me, Myself & I com o DJ David GuettaNo Broken Hearts com a Nicki Minaj In The Name Of Love com o DJ Martin Garrix, a americana liberou no último dia 17 a primeira parte do seu álbum de estreia, intitulado All Your Fault!

Com I Got You na tracklistBebe divulgou mais seis músicas que fazem parte do seu álbum solo, finalmente lançado depois de tanto adiar no ano passado, sendo elas AtmosphereSmall DosesF.F.F. (Fuck Fake Friends) com o rapper G-EazyGateway DrugsBad Bitch com o Ty Dolla $ing. Antes de lançar a segunda parte do álbum, é esperado que a cantora lance, pelo menos, um novo single de trabalho: o sucessor de I Got You.

O álbum tem um significado grande para Bebe Rexha, afinal nele ela fala de seu último relacionamento e ela já havia dado entrevistas dizendo que faria um primeiro álbum bem pessoal e foi exatamente isso que ela fez!

Abaixo mostro à vocês as minhas impressões sobre a primeira parte de All Your Fault:

  • 1. Atmosphere

“There isn’t enough love in the atmosphere
To keep you here, ahh
There isn’t enough love in the atmosphere
Don’t leave me here, all alone
I ride for my baby
I died for my baby
I’d die for my baby, no lie
There isn’t enough love in the atmosphere
In the atmosphere”

Quando os versos são entoados rapidamente, Bebe consegue passar seus sentimentos para quem a ouve, deixando claro que seu relacionamento era extremamente importante para ela e o término foi bem sentido. Tadinha :/

  • 2. I Got You 

“We can get high, oh, nah-nah-nah
We can get low, oh, nah-nah-nah
Let me be your friend
Baby, let me in
Tell you no lies, oh, nah-nah-nah
We can get lost, oh, nah-nah-nah
Take it all off, oh, nah-nah-nah
Let me be your friend
Baby, let me in
Give it to me all, oh, nah-nah-nah”

Nessa música, o single dessa primeira parte, Bebe parece tentar voltar com o cara de uma forma quase melancólica. Por outro lado, sua voz está em evidência total e isso também evidencia a potência vocal dela, afinal seu tom é raro: agudo e com personalidade.

  • 3. Small Doses

“I can only take you in small doses, small doses
Loving you, it’s explosive, you know this
I can only take you in small doses, small doses
Loving you, it’s explosive, you know this
I can only take you in small doses”

Small Doses é a mais calminha de todas as seis músicas e também evidencia bastante sua voz, que apesar de aguda, também consegue diminuir o tom e quase sussurrar, o que deu um toque mais pessoal à canção. Sobre a tradução, Rexha diz que “amá-lo é explosivo”, o que mostra que, embora gostasse de seu ex, a relação deles foi bem desgastante.

  • 4. F.F.F. (Fuck Fake Friends) feat. G-Eazy

“Fuck fake friends, we don’t need ‘em
Only thing they’re good for is leaving
Fuck fake friends, we don’t need ‘em
I’ve had it up to the ceiling
Fuck fake friends, we don’t need ‘em
Only thing they’re good for is leaving
And I ain’t got the time, money on my mind
I’ll say it to your face, fuck fake friends”

Essa é o tipo de música que TODO mundo gostaria de escrever e cantar, afinal quem não queria dizer umas poucas e boas para amigos falsos? Na industria musical a falsidade é ainda mais comum e é sobre isso que a cantora fala nessa canção!

  • 5. Gateway Drug

“Kissin’ leads to touchin’ leads to
Lovin’ leads to fuckin’ leads to
Someone always seems to get hurt (yeah)
Kissin’ leads to touchin’ leads to
Lovin’ leads to fuckin’ leads to
Everythin’ mean nothin’
Your kiss is a gateway drug”

De longe a minha favorita, Gateway Drugs tem uma batida gostosa e a voz de Bebe Rexha deixa a música ainda melhor de se ouvir. Porém, se pararmos para analisar a letra ou traduzir no Google, uma onda de tristeza nos invade, pois apesar da batida, a música fala de como o relacionamento dela terminou por mensagem. ):

  • 6. Bad Bitch feat. Ty Dolla $ign

“You say you want a bad bitch, baby, now you have it
Now you got a bad bitch, show me you can handle this
Say you want a bad bitch, baby, now you have it
Now you got the baddest, show me you can handle this”

A última dessa parte, Bad Bitch não é sobre o real sentido/tradução de bitch, mas entona que Bebe é uma mulher independente e que não será boazinha com o cara que quebrou seu coração, pois apesar de a separação ter sido dolorida, ela não quer voltar atrás.

No geral a primeira parte é ótima, as batidas e a voz de Bebe estão em alta sintonia, mas achei que faltou algo mais dançante como I Got You ou mais eletrônico como os featurings da cantora. A segunda parte do álbum tem tudo para ser ainda melhor que a primeira. Resta aguardar o lançamento!

Leia mais sobre Música.

Vitória Corrêa
por

Vitória Corrêa

A louca dos esportes, música e livros, faço dos meus hobbies uma projeção do meu futuro profissional. Embora formada em técnico em informática, anseio por me tornar uma jornalista esportiva.

Recomendamos para você