Escolha uma Página

 Chegou essa semana à Netflix mais uma farofinha de natal que tanto amamos. Desta vez a intitulada “Um Passado de Presente” com Vanessa Hudgens.

 Como já é tradição, a gigante do streaming massifica a plataforma com diversas produções natalinas de aquecer o coração, mas onde a qualidade não é maior das preocupações, e essa estreia é mais uma dessas, onde fica bem claro que o foco é entreter e isso, faz bem!

A trama gira em torno do cavaleiro medieval Sir Cole (Josh Whitehouse) depois que uma feiticeira transporta o para a época atual em Ohio, durante as festas de fim de ano, ele faz amizade com Brooke (Vanessa Hudgens), uma professora de ciências inteligente e gentil que está desiludida pelo amor. Brooke ajuda Sir Cole a navegar no mundo moderno e tenta ajudá-lo a descobrir como cumprir sua misteriosa e verdadeira missão – o único ato que o levará de volta para casa. Mas, à medida que ele e Brooke se aproximam, Sir Cole começa a se perguntar se realmente quer voltar à sua antiga vida.

Com baixo orçamento evidente e com roteiro totalmente superficial, a história se apega no emocional do espectador e funciona como mero passatempo, sendo assertivo nas poucas piadas que se arrisca.

Não há profundidade, não há apego emocional, Não há explicação para várias questões, (Inclusive a do Ex-Namorado de Brooke) tudo o que há é uma corrida contra o tempo e expectativa do cavaleiro descobrir qual é a sua missão, que fica evidente desde o primeiro momento ser, encontrar o amor verdadeiro.

 Mesmo com toda essa superficiabilidade, O filme é gostoso de se ver, de passar o tempo… Só não assista querendo levar ele a sério, é um filme bobo, pra deixar nossa vida mais leve, sem cobranças e se surpreenda, com a sutil referência a um dos filmes clássicos da Netflix ao ser mencionado o Reino de Aldovia, mostrando as muútiplas oportunidades ao expandir o universo cinematográfico da plataforma.(Alguém pegou essa ?)

No Mais, veja Um Passado de Presente sem compromisso e torne seu fim de semana mais agradável, e o coração mais quentinho.

Um passado de presente já está disponível na Netflix