Tudo que você precisa saber sobre A MULHER REI

No próximo dia 22, chega aos cinemas A MULHER REI. O novo filme da Sony Pictures tem ninguém menos que Viola Davis estrelando.

O longa também conta com John Boyega, Lashana Lynch, Thuso Mbedu, Sheila Atim, Hero Fiennes Tiffin e Adrienne Warren no elenco deste que explora a história  de mulheres guerreiras da África Ocidental que não aceitam maridos e servem em suas posições por toda a vida para proteger sua nação.

Recentemente tivemos a oportunidade de participar da coletiva de imprensa onde Viola e seu marido Julius nos deram alguns detalhes sobre a produção que durou 7 anos para sair do papel e cuja expectativa é “…que esse filme pode causar a mudança que precisamos…”.

Viola falou sobre como estava amando sua passagem pelo Brasil e qual é a relação do filme com o país: “Cerca de 12 milhões de escravos vieram da África para o Brasil… A conectividade que nós pessoas de cor temos e a importância do Brasil…. e quando vcs verem o filme vocês entenderão como esta conectado”

A atriz também foi bem direta ao dizer que A MULHER REI não é um filme de ação: “Contar essa história é importante pq ela nunca foi contada. As mulheres travam batalhas todos os dias. E eu espero que este filme abram portas para que outras histórias como estas sejam contadas…”

O que muitos talvez não saibam é que o longa dirigido por Gina Prince-Bythewood e roteirizado por Dana Stevens é uma história real.  “A primeira vez que ouvir falar nessas “Amazonas” foi quando comecei a trabalhar no filme. Então em 2018 foi quando comecei a pesquisar de fato…”, explica Viola.

Qual é a história real de A MULHER REI?

Não há uma fonte confiável, somente relatos. De acordo com a Smithsonian Magazine , um oficial da marinha francesa escreveu um relato sobre uma recruta adolescente  do exército feminino chamada Nanisca. No relato do oficial francês, Nanisca “caminhava alegremente até [um prisioneiro amarrado em uma cesta] , balançava sua espada três vezes com as duas mãos e depois cortava calmamente a última carne que prendia a cabeça ao tronco”. O homem que a observava também escreveu que “ela então espremeu o sangue de sua arma e o engoliu”. O Nanisca neste relato histórico supostamente morreu em batalha três meses depois. [Via The Wrap]

Tais mulheres, as agojie também serviram de inspiração para as Dora Milaje em “Pantera Negra” da Marvel. 

Nanisca era a comandante do exército do Reino de Daomé, um dos locais mais poderosos da África nos séculos XVII e XIX. Durante o período, o grupo militar era composto apenas por mulheres, entre as guerreiras está a filha de Nanisca, Nawi, juntas elas combateram os colonizadores franceses, tribos rivais e todos aqueles que tentaram escravizar seu povo e destruir suas terras.

A Mulher Rei chega aos cinemas em 22 de setembro. Garanta seu ingresso no app/site da Ingresso.com.

LEIA MAIS SOBRE FILMES