Escolha uma Página

Recentemente o Amazon Prime Video anunciou o título oficial da série original ambientada no universo de Tolkien que tanto aguardávamos. E a revelação mostrou que o show vai ainda mais fundo no universo do senhor dos anéis, trazendo à tona a origem do anéis do poder.

O Senhor dos Anéis: Os Anéis do Poder será ambientada durante a segunda era de Tolkien, e focará na história brevemente mencionada durante ‘A Sociedade do Anel’, onde descobrimos que Sauron ajudou a criar 20 anéis de poder, presenteando assim vários povos da Terra média, com o intuito de controlá-los. Foram 9 anéis aos homens, 7 aos anões, 3 aos Elfos e 1 para si, para então assim, governar.

Trouxemos aqui a explicação estes famigerados artefatos [Via Sreenrant]

O Anel para todos Governar

Forjado das chamas e de parte do próprio poder de Sauron, controla os outros 19 anéis e possui uma conexão com seu mestre. Em suma, Sauron não morreria de fato, enquanto esse anel existisse. Contudo, também não exerceria seu poder em plenitude enquanto não o tivesse no dedo.

Sauron perdeu o anel durante a guerra que unira homens e Elfos, quando Isildur cortou sua mão. Isildur então lutou contra a tentação de possuí-lo antes de ceder. Anos após ele decide entregá-lo sob a custódia segura do próprio governante élfico. Quando na sua jornada acaba emboscado, o anel acaba caindo no Rio Anduin.

Dois mil anos depois, Smeagol o encontra, posteriormente o anel passa para Bilbo Bolseiro, de Bilbo para Frodo, para Samwise e para o fogo, enfim.

Os Anéis dos Elfos

Infiltrado entre os Elfos, Sauron assumiu o disfarce de Annatar, envenenando a comunidade Élfica e oferecendo conhecimento mágico. O maior dos ferreiros, Celebrimbor, criou os três anéis, Narya, Nenya e Vilya. Estes não estavam diretamente sob o domínio de Sauron, mas, ainda assim sofriam influencia do Anel que governa todos.

Gil-Galad rouba os anéis Narya e Vilya para si. Posteriormente ele repassa Narya para Cídran, que o repassa para Galdalf, que o carrega durante toda trilogia do Senhor dos Anéis.

Vilya é dada por Gil-Galad para Elrond, durante os eventos de O Hobbit.

Já o terceiro anel, Nenya é mantido em posse de Galadriel.

Os Anéis do Anões

Assim como os anéis dos Elfos, os dos anões não estavam diretamente sob o domínio de Sauron, mas, ainda assim sofriam influencia do Anel que governa todos.

Contudo, os anões eram incrivelmente resistentes ao controle. Ao invés de cair sob o feitiço de Sauron, os portadores dos anéis anões acumulavam riquezas, e acabavam por ficar ainda mais consumidos por sua ganância, e isso vimos bem nos eventos de O Hobbit.

Dos 7 anéis, 4 foram derretidos, e os outros 3 foram recuperados por Sauron. Posteriormente tentou usar estes três como barganha com os Anões em troca de lealdade.

Os Anéis dos Homens

Com menos resistência, os homens sucumbiram completamente aos poderes do Anel que governa todos. Lhes foi prometido poder, Riquezas, vida eterna… E o que ganharam foi a eternidade como Nazgûl.

A série O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder do Prime Video traz às telas pela primeira vez as lendas heróicas da Segunda Era da história da Terra-Média. Este drama épico se passa milhares de anos antes dos eventos de O Hobbit e O Senhor dos Anéis de J.R.R. Tolkien, e levará os espectadores de volta a uma era em que grandes poderes foram forjados, reinos ascenderam à glória e caíram em ruína, heróis improváveis ​​foram testados, a esperança ficou pendurada pelo mais fino dos fios e um dos maiores vilões que já saíram da caneta de Tolkien ameaçou cobrir todo o mundo na escuridão. Começando em um tempo de relativa paz, a série segue um elenco de personagens, tanto conhecidos quanto novos, enquanto eles enfrentam o temido ressurgimento do mal na Terra-Média. Das profundezas mais escuras das Montanhas Nebulosas, às majestosas florestas da capital élfica de Lindon, ao deslumbrante reino insular de Númenor, aos confins do mapa, esses reinos e personagens irão esculpir legados que viverão muito tempo depois deles.

‘O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder’, será lançado exclusivamente no Prime Video em mais de 240 países e territórios em vários idiomas na sexta-feira, 2 de setembro, com novos episódios disponíveis semanalmente.

LEIA MAIS SOBRE SÉRIES