Escolha uma Página

Aconteceu hoje, 6 de dezembro o painel da WarnerMedia que contou com a participação do selo HBO e consequentemente de suas produções, entre elas a série de drama ‘Euphoria‘.

Participaram do painel, a atriz ganhadora do Emmy, Zendaya e o diretor e roteirista Sam Levinson que comentaram sobre os bastidores do seriado.

Zendaya falou que uma das cenas mais intensas e difíceis da primeira temporada foi a que sua personagem Rue, implora para que Fez lhe entregue mais drogas; e quando ele se recusa, ela entra em surto do outro lado da porta.

“Lembro daquele dia como se fosse ontem. Parte porque foi um dia bem longo, eu fiquei lá fora chorando por, tipo, eu não sei, devem ter sido seis horas. Eu estava aterrorizada com aquela cena desde o momento que li, mas também empolgada. Era um momento poderoso no roteiro. Eu só queria fazer o melhor trabalho possível, mas também estava com medo, porque sei o que um momento daquele pede. Eu estava assustada e nervosa para saber se eu conseguiria lidar com aquilo naquele dia. E não foi fácil, não foi um dia fácil, mas eu tinha boas pessoas ao meu redor, então tenho muita sorte”.

Com as gravações da 2ª temporada interrompidas por conta do coronavírus, a HBO decidiu lançar dois episódios especiais com foco em Rue, o criador da série Sam Levinson falou sobre as diferenças dos especiais e a primeira temporada. “Estes episódios acontecem entre as temporadas 1 e 2 e mergulha em Rue e Ali. É totalmente diferente, o tom é diferente. Enquanto antes tínhamos menos diálogos, aqui foi o contrário, tivemos praticamente só palavras. Acho que isso nos deu a oportunidade de ir mais fundo no coração e na alma dessa garota, vendo a natureza do vício, o arrependimento. [Como é] tentar ficar limpo quando é mais jovem e tentar ficar limpo quando se é mais velho e você já perdeu muito. Acho que essa é uma dinâmica interessante. Rue ainda está no começo de sua vida, enquanto Ali já viveu bastante e os dois sofrem com os mesmos problemas. Mas Rue ainda tem muito a perder e a oportunidade de mudar. A decisão é dela”.

 “É o retrato de duas pessoas numa mesa durante as festas, conversando sobre assuntos profundos relacionados a dores e a alma” diz o showrunner, que ainda vê reforçado nos capítulos a relação dos personagens em torno do esforço de se manter sóbrio de drogas.

Zendaya afirmou que sentiu falta de estar próxima de Rue durante o período entre as temporadas e que fica feliz com o clima acolhedor do set da produção. “O ambiente que criamos no set vem de cima, e faz você se sentir não apenas feliz de ir para o trabalho, mas também seguro. Sentimos que é um lugar seguro para explorar e realmente ir para esses lugares difíceis. Tive cenas difíceis e ouvi algumas fungadas vindo do set, o que significa que não sou só eu que estou na cena. Tenho uma equipe de pessoas indo para a cena comigo.”

A Segunda temporada estava em pré produção, quando a pandemia atingiu o mundo. Por hora ela se encontra suspensa e será retomada em 2021.

Criada por Sam Levinson, a série trouxe uma perspectiva inovadora às narrativas juvenis.

EUPHORIA mostra uma realidade impactante através de Rue que, ao lado de sua família e colegas,enfrenta as problemáticas da adolescência em uma época em que tudo é exposto na internet. As questões cotidianas desse grupo de alunos do ensino médio envolvem drogas, sexo, identidade, traumas, redes sociais, amor e amizade. Eles lutam para encontrar um sentido para o futuro, enquanto procuram por um espaço de pertencimento e aceitação.

A primeira temporada de Euphoria está disponível no HBO Go. O primeiro episódio especial chamado de ‘Parte 1: Rue’ irá ao ar e 6 de dezembro, as 23h na HBO.

LEIA MAIS SOBRE SÉRIES