Porque Rhaenys não matou Eagon?

Adaptada da obra de George R.R. Martin, Fogo e Sangue, o nono episódio da série House of the Dragon já está entre nós e diferente dos episódios anteriores, foi focado em um único núcleo, OS VERDES.

Com um ritmo mais lento que os episódios anteriores, observamos toda a movimentação do golpe com o intuito de destronar Rhaenyra, além de lançar uma lupa na dinâmica caótica, mergulhada na inveja que ali se faz presente. Vemos o Golpe pelo trono acontecendo e a angústia de não poder fazer absolutamente nada certamente certamente foi o sentimento do espectador.

Contudo Rhaenys acabou com a festa -temporariamente-, e poderia ter sido ainda melhor se o Dracarys viesse… Mas não veio, e aqui respondemos o porque:

Logo após a morte de Viserys, toda uma movimentação no castelo começa acontecer. Rhaenys é trancada em seus aposentos para que não possa interferir, e quando questionada um prazo lhe é dado.

Um dos opositores ao golpe a ajuda escapar mas a multidão a conduz de volta ao castelo, disfarçada ela acompanha a coroação de Eagon. Enquanto a mesma acontece ela se esgueira pelos corredores do castelo até seu dragão Meleys e juntos explodem pelo chão do grande salão durante a coroação do rei Aegon II.

O trecho do livro Fogo e Sangue pode explicar melhor, além da simples resposta de que se houvesse o Dracarys não haveria a Dança dos Dragões:

“- Quando os meus meios-irmãos e minha doce irmã Helaena -anunciou ela-, eles foram enganados pelo conselho de homens maus. Que eles venham para a Pedra do Dragão, se curvem, e peçam meu perdão, e vou poupar a vida deles com alegria e acolhê-los no meu coração, pois eles são sangue do meu sangue, e nenhum homem ou mulher é tão maldito quanto um assassino de parentes.”

Este trecho é dito por Rhaenyra em Dragonstone, após receber a notícia sobre a coroação de Aegon II.

Então, porque Rhaenys não mandou um Dracarys? Simplesmente porque ela não se igualaria aos verdes, ela não seria uma assassina de parentes.

Baseada em “Fogo & Sangue”, de George R.R. Martin, a série ambientada 200 anos antes dos eventos de GAME OF THRONES conta a história da Casa Targaryen.

Baseada em “Fogo & Sangue”, de George R.R. Martin, a série ambientada 200 anos antes dos eventos de GAME OF THRONES conta a história da Casa Targaryen.

ACOMPANHE NO YOUTUBE!!

LEIA MAIS SOBRE SÉRIES