Escolha uma Página

IRÁ OS ÚLTIMOS JEDI ADICIONAR AINDA MAIS MOTIVOS?

Star Wars: Os Últimos Jedi promete continuar o ótimo trabalho de J.J. Abrams no episódio passado. O longa marca o segundo filme da nova trilogia, que agora está nas mãos da Disney e promete expandir ainda mais o já imenso universo criado por George Lucas.

Promovendo a sua mega edição especial focada em Star Wars: Os Últimos Jedi, o Entertainment Weekly entrevistou nessa semana Adam Driver, o Kylo Ren da saga especial. Na entrevista, o ator falou sobre os motivos que levaram seu personagem ao Lado Negro e o que a morte de Han Solo significa a Kylo. Confira:

Kylo se revoltou contra seus pais porque ele sentiu que eles davam mais importância para a Rebelião e a reconstrução após a queda do Império do que para ele. Isso criou um sentido de raiva, que consequentemente consumiu ele. Eu acho que a ideia de alguém cujo os pais são mais devotos a uma causa, pode relacionar a história real de muitas pessoas, tanto seja isso religião ou politica. Olhar ao seu redor e não ver você mesmo, e não se identificar com o que está ao redor afeta drasticamente seu comportamento. Na sua perspectiva, o que ele fez anteriormente significa esperança. Algo claro sobre ele é seu senso de justiça. Eu acho que ele está surpreso por como ele se sentiu após a morte de Han Solo. Ele está esperançoso por esperança. Ele está esperando por claridade em seu futuro.

Adam Driver

Kylo Ren, Star Wars

SINOPSE:

Em Star Wars: Os Últimos Jedi, a saga Skywalker continua quando os heróis de O Despertar da Força se juntam com as lendas galácticas em uma aventura épica repleto de mistérios antigos da Força e revelações chocantes do passado.

 

Dirigido por Rian Johnson, Star Wars: Os Últimos Jedi chega aos cinemas nacionais dia 14 de dezembro de 2017.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: