Chegou no último dia 30 de abril na Netflix, a minissérie  de oito episódios, ‘O Inocente‘. A Produção é a mais nova adaptação dos livros escritos por Harlan Coben, dentro da imensa lista que ainda está por vir. Ela se junta à Safe, Não fale com estranho e Silêncio na Floresta, já disponível no streaming. E posso dizer, sem sombra de dúvidas que é a melhor!

É bem difícil falar sobre um thriller investigativo sem se aprofundar, mas vou tentar. PROMETO! 

Aqui, acompanhamos Mateo. Um homem que passou quatro anos preso, após matar acidentalmente um rapaz durante um evento, ao sair e tentar recomeçar sua vida, se vê preso a uma cadeia de acontecimentos que promete virar sua vida de cabeça pra baixo. O Inocente, nos faz questionar, até que ponto podemos fugir do nosso passado? E até em que ponto os segredos do nosso passado, podem interferir nas nossas vidas?

O roteiro, não se preocupa em fornecer respostas. Os episódios apresentam cada um dos personagens, fundamentais na contação desta história, e a cada episódio, um novo detalhe vem a tona… E quando finalmente achamos que tudo se resolveu e que entendemos, uma nova reviravolta nos é apresentada. 

A narrativa, não linear, é essencial para fidelizar o espectador, e fazer com  que devoremos cada minuto que nos é ofertado, na gana de descobrir o mistério, Afinal, Mateo é culpado ou inocente?

Definitivamente, ‘O Inocente’ é um dos melhores suspenses que já assisti nos últimos tempos, intenso, misterioso e que se aproveita muito bem do seu elenco. Um quebra-cabeça viciante dirigido por Oriol Paulo, que vale muito se permitir conferir.

A Minissérie já está disponível na Netflix.