Escolha uma Página

No próximo dia 19 chega aos cinemas Midsommar, o novo longa de terror de Ari Aster.
O diretor, conhecido por Hereditário, desde sua estreia nos apresentou o terror de uma forma como muitos nunca haviam visto. Com Midsommar não é diferente, muito provavelmente você sairá do cinema se perguntando: “O que acabei de assistir?

Repleto de rituais, imagens pertubadoras e detalhes subliminares o longa que complementa hereditário (palavras de Ari) é selvagem e considerado pela crítica internacional como “Um conto de Fadas” bizarro.

Logo de início, vemos a angústia de Dani (Florence Pugh que tem uma atuação IMPECÁVEL, poucas vezes vi um choro de desespero tão verossímel) que não sabe o paradeiro de sua irmã e pais, tudo isso devido uma mensagem suicida que se confirma verídica (Não é spoiler) e na perda seu único apoio é o namorado Christian (Jack Reynor) que nesse meio tempo busca formas de terminar seu relacionamento.

Christian e seus amigos planejaram uma viagem à Suécia para o verão para visitar a vila de seu amigo Pelle  durante um ritual mediano que só acontece a cada 90 anos. Dani se convida, e o grupo concorda com relutância em deixá-la participar, porque eles acham que isso vai ajudá-la no processo de luto.

Assustador, brilhante e vibrante sob o sol que nunca desaparece rituais tradicionamente pagões, envolvendo mortes, torturas, pelos pubianos, mestruação e fogo conduzem a trama ao seu ápice.

O filme de terror de Ari Aster tem uma qualidade muito impressionante, e o final definitivamente é a parte mais estranha de todo o filme que te abre uma leque de opções.

Uma celebração ao feminismo?
Uma analogia ao Mágico de Oz?
Uma analogia as possíveis formas de machismo impostas na sociedade?
Dani manipulou tudo e todos?

São muitas perguntas que nos fazemos pós midssomar, que em meio a uma fotografia impecável, repleta de cores alegres e uma música típica te envolve e insere na trama que conduz o expectador a uma história perversa sobre realizações de desejos e coragem.

O Mal Não Espera a Noite – Midsommar chega aos cinemas em 19 de setembro.