Escolha uma Página

Em entrevista ao Entertainment Weekly, o co-showrunner Ryan Condal explicou que ele e Miguel Sapochnik decidiram se desviar do material de origem e escalar atores negros para os papéis de Velaryon.

Nos romances originais de George RR Martin, aqueles na Casa Velaryon foram descritos como geralmente brancos, com cabelos prateados e olhos roxos – em House of the Dragon, fomos apresentados a nobres marinheiros negros e a família mais rica de Westeros, tirando os que possuem a coroa.

“O mundo está muito diferente agora do que era há 10 anos, quando [Game of Thrones] começou”, disse Condal. “Esses tipos de histórias precisam ser mais inclusivos.” e acrescentou: “Há muito, muito tempo, quando ele estava concebendo este mundo, o próprio [Martin] considerou a ideia de fazer de Velaryons uma raça de negros com cabelos prateados que essencialmente vieram do outro lado do oceano e conquistaram Westeros“, diz ele. “Essa é uma ideia fascinante e que ficou sempre  comigo porque é uma imagem tão dura. Eu só pensei: ‘Bem, por que não poderíamos fazer uma versão disso agora?’

Baseado em “Fogo & Sangue” de George R.R. Martin, a série, que se passa 200 anos antes dos eventos de “Game of Thrones”, conta a história da Casa Targaryen.

House of the Dragon estreia em 21 de agosto na HBO.