Escolha uma Página

EPISÓDIO 3

Mais um episódio de High School Musical: The Musical: The Series chegou ao Disney+.

No último dia 22, o terceiro episódio da nova série estreou no serviço de streaming, que só chega ao Brasil em 2020. Conferimos o novo capítulo da produção que está aquecendo o coração de todos os fãs do clássico de 2006.

Como foi explorado nos episódios anteriores, o seriado segue homenageando a trilogia original. O musical da Senhora Jenn continua tentando se desenvolver, mas os conflitos entre seus membros só aumentam. Lidar com adolescentes e seus dramas particulares pode ser ainda mais difícil em cima de um palco…com uma bola de basquete na mão.

O episódio

EJ ainda está determinado a afastar Ricky para longe de Nini. A menina por sua vez, busca subir no palco e fazer aquilo que sempre sonhou, no papel de Gabriela. O que ela certamente não esperava, era o quão longe Gina estaria disposta a ir. O roubo do celular foi só o começo e a “vilã” da história ainda vai muito mais longe. Mais alguém pegou a referência Sharpay Evans nessa nova intérprete de Taylor na peça?

Enquanto um conflito no maior estilo Evans x Montez se desenvolve entre as meninas, entre os meninos o clima é ainda mais tenso. Diferente do que vimos em High School Musical, há uma disputa pelo coração de Nini, que só fica mais e mais acirrada. Não é difícil de imaginar quem será o provável pretendente escolhido no final, mas ver a disputa entre Ricky e EJ é, sem dúvida, divertido.

A trama

O episódio não traz musicas novas (uma versão falada de EJ pode ser considerada?), mas releituras daquelas que conhecemos. Isso não deve ser tratado como ponto negativo ou até mesmo evidenciar a dependência da série em relação à trilogia anterior, pelo contrário. No terceiro episódio, a história de High School Musical: The Musical: The Series tornou-se mais original ainda. A trama foge do enredo do musical e entra ainda mais na vida particular dos adolescentes.

Os personagens começam a tomar forma e pequenas máscaras começam a se formar. EJ e Gina já se revelaram os grandes vilões, enquanto Nini e Ricky caminham a passos largos para serem os queridinhos do público. Os personagens “secundários” vão ganhando seu devido destaque, trazendo um alívio para o público em relação ao quarteto principal. Embora característico, o romance não deve ser o único assunto abordado aqui, afinal, isso é High School Musical.

A série

A série segue o mesmo ritmo leve e divertido que trouxe em seus dois primeiros episódios. Não vemos o tempo passar e ao final queremos ainda mais. E mesmo que tenha sido muito criticada no começo, a série vem sendo um grande acerto da Disney. Há 13 anos conhecemos Troy e Gabriela, personagens que marcaram uma geração. Agora, 13 anos depois, a nova geração tem a chance de conhecer uma história e ao mesmo tempo se interessar pela antiga.

As referências estão cada vez melhores, assim como as homenagens. Vale destacar até mesmo uma cena do terceiro episódio, onde o fenômeno High School Musical realmente aconteceu. Tudo aquilo que passamos e fizemos parte na vida real, está presente no seriado que agora assistimos. Ponto para a Disney!

High School Musical: The Musical: The Series chega ao Brasil em 2020.