Escolha uma Página

Capítulo 02 – Estágio de Herói!

Cris sentia seus dedos tocando o chão quente da pista de corrida ao lado de Motti, que estava deitado na grama sentindo o vento bater e balançar seus cabelos ruivos. Ele acelerou e terminou a volta sem derramar uma gota de suor, mas mesmo assim usou uma toalha para limpar seu rosto, quase como uma mania que tinha. Seu amigo levantou-se e começou a caminhar ao seu lado em direção à saída da faculdade.

– Você é inteligente, bonito e ainda corre mais rápido que qualquer um. Como que você tem algum problema na vida? – Motti perguntou rindo e tirando restos de grama grudados em seu pescoço.

– Acho que faz parte. – Cris riu de volta e guardou a toalha em sua bolsa – Nem em Marte minha pele ajuda em algo.

– Você só tentou estágio em um lugar! Só pode parar depois de tentar na Atomis. Tudo bem que você nunca iria ser um herói, mas podia ajudar montando as armaduras.

– É fácil falar quando você já tem uma vaga garantida na empresa do seu pai. Eu vou me inscrever só pra você parar de reclamar de mim.

Motti apenas riu, abraçou seu amigo e subiu em sua moto, que estava parada em frente ao campus. Era verde, com algumas linhas pretas fazendo os detalhes. Ele colocou o capacete e sumiu ao virar a esquina. Cris, por sua vez, não tinha tanta sorte e teve que andar até conseguir chegar em casa, fazer a inscrição online no estágio da Atomis e desmaiar de cansaço em sua cama.

Sua vida era bem solitária, não pelo fato de sua mãe trabalhar a noite inteira e quase não ver o próprio filho, mas porque seu pai era um grande companheiro para ele antes da batalha da Pele Roxa. Sempre que tinha um tempo ia visita-lo, mas não fazia muito sentido continuar indo ver alguém que nem sabia que ele estava lá.

A noite seguiu silenciosa, apenas o barulho de carros passando e o som da porta abrindo quando a mãe de Cris, Valéria, compuseram o som da madrugada. A manhã começava da mesma maneira, com o som da porta batendo e o despertador tocando avisando que Cris deveria caminhar de volta para o campus do qual iria passar o dia todo.

Ao chegar atrasado na aula por conta de um acidente de carro no meio do caminho, ele se senta ao lado de Motti, que entrega-lhe um bilhete.

“Seu nome já está na lista de candidatos ao estágio da Atomis. Estou torcendo por você! Eu queria me inscrever, mas meu pai nunca deixaria eu chegar perto da empresa que chegou só pra atrapalhar seus negócios.”

Cris lê, ri disfarçadamente e escreve uma resposta ao amigo.

“Seu pai é dono da KHM, a maior empresa de medicina genética do mundo! É melhor ele estudar algo que faça bem as pessoas do que aqueles testes com ratos mutantes que ele estava fazendo antes da lei Genes.”

Motti não escreve de volta e apenas cochicha para Cris que voltaria caminhando, pois sua moto estava na oficina. Após isso outras aulas vieram, preenchendo o dia inteiro dos garotos, fazendo-os esperar cada vez mais pelas férias que se aproximavam. Ao saírem, continuaram discutindo no caminho sobre a KHM odiar a Atomis pelo simples fato de terem usado a tecnologia para criar super soldados ao invés de mexer com a genética. De certa forma isso foi um dos fatores que terminou com o exército militar em Marte, fato que deixava Henry Borsa com rancor da empresa.

Quando ia abrir a boca outra vez para reclamar da política que o governo havia adotado contra seu pai, Motti sentiu o chão tremer atrás de si e virou, junto a Cris, para ver o que estava havendo. Uma enorme criatura cinza, humanoide e com asas estava com o rosto sangrando encarando os garotos com ódio. Seus braços desceram e se enrijeceram ao grito que o monstro deu. Seus joelhos dobraram levemente e o mesmo começou a correr na direção dos dois amigos que permaneceram parados em estado de choque, sem ter a menor noção do que fazer.

Cris deixou seu par de fones de ouvido embolados cair e preparou-se para desviar para o lado. Mas ao ver que Motti estava estático se jogou por cima do amigo. Por sorte a criatura não conseguiu desacelerar e passou direto pelos garotos que haviam deitado no chão ao lado de deus pés. O monstro se virou e fez seu ritual novamente para tentar uma nova investida e pisotear os garotos. A diferença era que, dessa vez, eles não teria como desviar.

Não perca o próximo capítulo “A força de uma Gorila” aqui mesmo, no Coxinha Nerd!

Confira o próximo capítulo clicando no link abaixo:

HERÓIS DAS TERRAS VERMELHAS | FORÇA DE GORILA – CAPÍTULO 03 DO ORIGINAL COXINHA NERD!

APROVEITE PARA CONHECER NOSSO CANAL DO YOUTUBE:

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ:

BIRDS OF PREY | Filme ganha primeiro pôster incrível!

PODE VIR 2020! Ainda falta tempo para fevereiro de 2020 chegar, mas estamos ansiosos! No dia 6 do mês, Birds of Prey (Aves de Rapina, em português) chegará aos cinemas brasileiros. O filme ganhou hoje, terça-feira, um pôster incrível protagonizado por Margot Robbie....