Escolha uma Página

Com o intuito de promover o mês da Consciência Negra, promovendo debates e ações de representatividade negra e da cultura afro do País; a VIVO, lançou no último dia 6 de novembro, o projeto ‘Fábulas da Conexão‘.

O projeto de quatro curtas-metragens unem a tecnologia e elementos brasileiros dentro de uma narrativa fantástica.

Todos os episódios tiveram a curadoria de Andrezza Delgado, uma das criadoras do PerifaCon, e engloba jovens roteiristas, ilustradores e animadores de diferentes partes do Brasil.

“Dar a pessoa pra que as pessoas tenham a oportunidade de construir portifolio é muito importante… Foi algo que aprendi com a perifacon é estar dentro da sociedade gerando oportunidade…. trazer impacto para o mercado… Cada favelado é um universo. Tem galera que quer ser jogador de futebol, mas tem uma galera que quer fazer game” – Falou Andrezza sobre a experiência.

Os dois primeiros filmes, foram lançados e uma cabine virtual, que tivemos a honra de participar. As produções trazem temas como o afrofuturismo, a ancestralidade e o olhar periférico, sempre voltado para a tecnologia.

Os roteiros tiveram a participação de Renata Martins e Diego Paulino; enquanto as narrações do episódios contaram com as vozes de Luedji Luna, Lia de Itamaracá, Russo Passapusso e Linn da Quebrada.

No primeiro episódio, que tem a participação de Lia de Itamaracá, fala sobre a astronomia e trouxe os envolvidos às lágrimas após sua exibição. O Envolvidos falaram sobre suas inspirações para a criação.

“As influências vieram de tudo que vivemos, as séries japonesas são uma grande influência da minha vida assim como X-men… O legal de trabalhar com os Lucas é que mesmo sem falar sobre as influências [Marvel] eles incluíram isso na animação sem nem mesmo mencionar.” – Falou Thais; e Lucas Almeida complementou: “… Desde as primeiras conversas sentimos uma sintonia… e ver o resultado final foi emocionante.”

O segundo episódio, não menos emocionante e significativo que o primeiro retrata uma menina negra que é convocada pelos tambores ancestrais para se tornar uma guerreira, uma super-heroína; narrado por Luedji Luna, o episódio é repleto de referências à Cultura Pop.

“Foi minha primeira experiência de narração, de emprestar minha voz para uma narrativa que não era minha própria música. Foi uma delícia me enxergar como a menina Ana da fábula” – Comentou Luedji Luna.

O jovens criativos também falaram sobre a oportunidade de fazer esse trabalho e o impacto nas suas vidas:

“Oportunidade, e não só oportunidade vazia. Algo que nos faça aprender mais. Esse projeto nos deu a oportunidade de trabalhar com o que amamos e com pessoas que nos agreguem e ensinem. Todo o universo diz que precisamos desistir, então a oportunidade de aprender é muito importante… Fazer Animação no Brasil é extremamente elitista, e poder fazer é uma oportunidade muito importante, em um espaço de privilegio.” – Explanou Thais Hern.

Lucas Lima completou: “Nem todo mundo consegue entrar nas melhores faculdades, nem ter acesso aos melhores equipamentos. É importante diminuir a ponte entre o trabalho e o aprendizado”.

O projeto ‘Fábulas da Conexão’ faz parte das iniciativas do Vivo On, área de produção de conteúdo da Vivo que cria e executa a estratégia de conteúdo digital da marca e que coloca os consumidores no centro da criação.

Viabilizar e ampliar vozes é essencial, e esse projeto é um exemplo do que é possível. Os curtas serão publicados semanalmente nos canais de comunicação da Vivo.