DUNA: Respondendo as maiores dúvidas do filme

Duna, a nova aposta de sucesso da Warner e o novo filme de Denis Villeneuve já chegou aos cinemas. Esta é a mais nova adaptação da obra de Frank Herbert e quiçá a melhor já feita em termos de estrutura e contação de história.

Duna é complexo e desafiador e foi a inspiração para a maioria das aclamadas obras de ficção científica, entre eles Star Wars. O filme se centra em Paul, que tem sonhos com uma misteriosa jovem e diversos outros personagens habitantes do deserto. Seu caminho é percorrido entre acreditar nessas visões ou usá-las para abrir novos caminhos. No planeta Arrakis, vários nobres disputam o controle da sua principal riqueza, a “especiaria”. Essa substância é produzida pelos vermes da areia, isto é, criatura carnívoras gigantescas habitantes do subsolo do deserto, onde o povo Fremens vive. Quando consumida, a especiaria tem propriedade entorpecentes e são cruciais para viagens espaciais, ou seja, ela permite aos navegadores se guiarem através do espaço. Como toda essa riqueza, mas escassez de água e temperaturas altíssimas, o povo local sofre com a perpétua exploração. A extração estrangeira da substância torna-se ponto de conflito político-econômico interestelar.

Intitulado DUNA – PARTE 1, o filme se concentra na primeira metade do livro, e deixa algumas lacunas para os que talvez desconheçam a história como um todo, Pensando nisso, trouxe aqui algumas das respostas, das maiores perguntas que vi pelas redes sociais.

A QUE SE REFERE O NOME, DUNA?

O título é uma referência direta ao planeta central da história. Muita se é falado de Arrakis porque é a única fonte da especiaria melange no universo de Duna e são as condições do planeta que permitem que a valiosa substância parecida com um narcótico seja produzida. O processo envolve os vermes da areia e o ambiente do deserto que, quando combinados, produzem a substância química que permite uma maior consciência mental e a capacidade de viajar pelo espaço sem complicações.

Outra explicação, um pouco mais literal obviamente, é a formação territorial do planeta que é desértico, repleto de Dunas.

Uma curiosidade que lhe pode ser útil, e foi a minha questão enquanto assistia, é o local onde foram feitas as filmagens, e descobri que foram na Jordânia e nos Emirados Árabes.

LADY JESSICA E SEU PODER

Ao longo de DUNA é possível ver que Lady Jessica é incrivelmente poderosa, e que ela treina o filho para que ele seja capaz de manipular tal poder também.

Com o continuísmo dos sonhos de Paul ela convida sua mentora a analisá-lo e o que é entendível sobre, é que Paul é bem mais poderoso do que imagina.

E que ele foi criado para ser o escolhido. Ele não nasceu escolhido e sim moldado para… E futuramente isso terá muitas consequências.

O QUE SIGNIFICAM OS SONHOS DE PAUL?

Embora o trailer e grande parte do filme se foque nas visões de Paul, pouco delas se concretizou nesta parte 1.

Depois do Golpe que os Atreides sofrem por parte dos Harkonnens e do império; Paul e sua mãe fogem para encontrar os Fremen (O povo que vive escondido Sob a areia). Lá eles os encontram, e tal encontro é crucial para que os sonhos de Paul se tornem reais. Paul tem em seu destino se tornar uma espécie de messias, e líder de uma guerra e que Chani será fundamental.

PARA ONDE PAUL E SUA MÃE VÃO APÓS ENCONTRAR OS FREMEN?

Tudo indica que eles estão indo rumo à Sietch Tabr, uma das maiores fortalezas Fremen no deserto e onde grande parte da história da segunda parte de DUNA acontecerá . Sietch não só dará a Paul e Lady Jessica segurança contra os vermes da areia, mas também os protegerá de quaisquer outros inimigos, incluindo os Harkonnen.

O IMPERADOR SOBREVIVEU?

Sim, e com o sucesso do plano arquitetado para eliminar o Duque e os Atreides; os Harkonnens agora retornarão para governar o planeta deserto, e voltarão a sugar sua especiaria para benefício próprio.

DUNA já está disponível nos cinemas.

LEIA MAIS SOBRE FILMES