Do que você tem medo de verdade?

Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz.” – Platão

Recentemente, eu estava assistindo a um vídeo no Instagram da atriz Kate Siegel (Residência Hill). Ela falava sobre como era quando criança e como as pessoas a achavam diferente, extrema, ansiosa demais.

Fiquei refletindo um pouco sobre isso e sobre como sempre me mantive centrada. Os meus pés no chão, a minha mente na realidade e as minhas emoções extremamente contidas. Isso me tornava fria? Esquisita? Diferente de muitos, com certeza… mas, será que… anormal de alguma forma?

Bom, ouvindo o que Kate falou e depois conversando com o Panda, entendi que tenho emoções extremas. Tenho medos consistentes. Sou diferente sim, mas porque vejo situações da realidade como assustadoras. O irreal, o surreal, o espiritual, não me assustam. O que me assusta é a forma com que pessoas podem ser cruéis. Como guerras são travadas por decisões de mentes egoístas.

Vem conferir essa nossa reflexão e mais dos meus pensamentos no vídeo do Youtube:

Veja mais conteúdos do nosso canal do Youtube

Acompanhe também conteúdos diários em nossos canais do YoutubeInstagram e Tiktok

Para apoiar nosso trabalho, acesse catarse/crisepanda 😉