Escolha uma Página

O Globoplay, maior plataforma de streaming brasileira, lança com exclusividade no dia 14 de novembro a superprodução Globo ‘Ilha de Ferro’. Os assinantes do Globoplay poderão conferir com exclusividade absoluta todos os 12 episódios da primeira temporada da série criada e escrita por Max Mallmann e Adriana Lunardi, com supervisão de texto de Mauro Wilson e direção artística de Afonso Poyart. A trama de ação, drama e aventura gira em torno da vida de homens e mulheres que trabalham numa plataforma de petróleo em alto-mar.

A série conta a história de Dante (Cauã Reymond) e Júlia (Maria Casadevall), que, assim como os demais petroleiros, vivem pelo menos duas vidas: uma na terra, outra no mar, onde passam duas semanas inteiramente confinados na PLT-137, a ilha de ferro, localizada a uma hora de helicóptero da costa brasileira.

“É uma história centrada nas pessoas que trabalham nesse universo do petróleo e gás, que vivem uma vida dupla – parte do tempo na terra, parte do tempo no mar”, explica Afonso Poyart, diretor artístico e geral da série.

Na série, Dante é coordenador de produção da PLT-137, que é recordista de acidentes, e vê o sonho de ser promovido a gerente de plataforma ir por água abaixo com a chegada de Júlia, nova ocupante do cargo.

“Dante é um engenheiro altamente qualificado, que conhece cada parafuso, cada válvula e cada poço da PLT-137. Ele é o candidato natural à vaga de gerente aberta na plataforma. Respeitadíssimo pelos colegas e subordinados, Dante tem lá seus defeitos. Por trás do competente petroleiro há um homem sombrio, que parece carregar o peso do mundo nas costas”, explica Adriana Lunardi, autora de ‘Ilha de Ferro’.

No primeiro episódio, ao chegar em terra, o petroleiro tem de lidar com a descoberta de uma dupla traição. Sua mulher, Leona (Sophie Charlotte), com quem mantém um casamento tumultuado, revela ter um caso com Bruno (Klebber Toledo), irmão de Dante.

Bruno é um piloto de helicóptero de caráter muito duvidoso, mas verdadeiramente apaixonado por Leona. “Dante desenvolveu por Bruno um afeto de pai. No casamento, repete essa postura de cuidar e proteger. Tanto para o irmão quanto para a mulher, ele é a autoridade moral, o adulto responsável, o socorro na hora do aperto. O fato é que Dante pensa, ou precisar pensar, que todos dependem dele. Não à toa, Leona e Bruno desenvolvem uma aliança traidora”, conceitua Adriana.

Dois irmãos em guerra. Duas mulheres sem paz. Está formado o quarteto que vai enfrentar, cada um a sua maneira, inúmeras situações-limite na terra e no mar. Mais do que petróleo, a PLT-137 extrai adrenalina e emoções inflamáveis a cada episódio.

“Este é um dos grandes lançamentos do ano do Globoplay: um projeto exclusivo com atores como Cauã Reymond, Maria Casadevall, Sophie Charlotte e Klebber Toledo, dentre outros, e a equipe que desenvolveu ‘Ilha de Ferro’ é incrível. Vemos aqui a qualidade de produção Globo em uma superprodução que vai conquistar o público com muita ação e sentimentos profundos”, afirma João Mesquita, Diretor-Geral do Globoplay.

Para as cenas do interior da embarcação, foi construído um cenário de 315m² em estúdio, em gravações que duraram 20 dias. No estúdio estavam montados os camarotes da tripulação, as salas de controle, a enfermaria e áreas de lazer dos petroleiros. As equipes conseguiram tornar real a PLT-137, de uma maneira extremamente realista. Com todos os detalhes descritos meticulosamente por Adriana e Max, e com a certeza de que o público não conseguirá identificar quando se trata de computação gráfica e quando se trata de cenário.

Este mesmo trabalho é realizado com o departamento de efeitos especiais, os chamados efeitos físicos. Um dos exemplos é a queda de helicóptero, que será mostrada no primeiro capítulo. “Colocamos um helicóptero em cima de um gimble, uma estrutura pneumática que balança a aeronave e dá a impressão de que ela realmente está em movimento. Só que em vez de fazer isso parado no chão, a gente içou esse helicóptero num guindaste. Além do realismo para o público, este processo deu uma sensação de realismo para quem está filmando e para os atores também”, acredita Afonso. A continuação da cena foi gravada nos Estúdios Globo, onde foi construído um tobogã de água para simular a invasão do mar no helicóptero. “Posicionamos os atores embaixo desse tobogã que jogava dezenas de litros d’água neles, de uma vez só. E filmamos com uma câmera que roda 1.000 quadros por segundo, você consegue ver todas as gotas de água em slow motion chegando. Parece que a água estava, de fato, invadindo a cabine”, afirma Poyart.

Mas não são apenas às cenas de ação e aventura que a computação gráfica se destina. Os efeitos foram utilizados também para ilustrar as cenas de surrealismo que dão aos personagens um background psicológico.

“Queria ilustrar esse sentimento de forma visual. Leona, por exemplo, quando se sente sozinha, bebe e dança, e, com a ajuda da tecnologia, a câmera capta esse universo. “Nesse momento, ela é um pouco diva, com uma inspiração retrô, meio anos 60”, diz Afonso. Já Dante tem um trauma: o acidente com o irmão. “Toda hora ele sonha com o Bruno e carrega essa culpa de ter deixado o irmão em coma. Vira e mexe ele sonha com água, que está se afogando e que o irmão está afogado. Esses momentos são retratados com a ajuda dos Efeitos”, esclarece Poyart.

ILHA DE FERRO | PRIMEIRO EPISÓDIO SERÁ EXIBIDO NA TELA QUENTE!

Inscreva-se em nosso canal do Youtube, postamos vídeos todos os dias de diversos temas como filmes, séries, tecnologia, eventos, viagens e muito papo divertido! Além, claro, das lives que rolam toda semana por lá! Venha fazer parte da nossa galera Coxuda do Youtube: youtube.com/c/coxinhanerd

ENTRE NOS NOSSOS CLUBINHOS ? http://bit.ly/nossosclubinhos

APOIE ? http://apoia.se/coxinhanerd | COMPRE SUA COXINHA – http://desejonerd.com.br

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: