Escolha uma Página

Baseado no livro homônimo de William Landay, publicado no Brasil pela Editora Record em 2012, a história de Defending Jacob, se inicia no que parece ser um acareação do pai do Jacob interpretado pelo Chris Evans.

A família que parecia normal, estabilizada, começa a desmoronar quando um colega de classe de Jacob é assassinado a 2 quadras de sua casa, em um parque.

Jacob é descrito como um menino normal, calado, estudioso, com poucos amigos e parece não se importar com o colega que foi assassinado.

Esse fator, começa a levantar suspeitas, dos colegas que alegam tê-lo visto com uma faca e até mesmo dos pais que a encontram escondida em seu quarto.

Uma digital, o torna o principal suspeito e então acaba detido. Enquanto aguarda seu julgamento sob fiança, sua vida e de sua família vira de cabeça pra baixo. Os pais foram afastados de seus respectivos empregos, enquanto Jacob começa a adotar um comportamento suspeito.

A série aborda, a dualidade entre Pai e Mãe, que agora, tem opiniões distintas sobre a inocência do filho… Enquanto o Pai agora afastado de seu cargo, luta sozinho pra provar que ele é inocente, a Mãe duvida que o filho seja inocente e acredita que o filho possa sim ter traços de agressividade, psicopatia, por conta do Gene assassino que possivelmente herdou de seu avô, que esta preso por assassinato.

Nesse bolo todo temos um debate, muito coerente sobre o que as redes sociais, e a sociedade em si pode causar a um adolescente, onde sua inocência ou não ainda é uma incógnita, tendo que carregar o peso da culpa, o julgamento da população, da mídia e agora a desconfiança de sua família.

Além de mostrar as consequências psicológicas para o jovem, a narrativa aborda também de maneira muito objetiva, as consequências emocionais e sociais, para os que cercam, Jacob, e como cada um dos responsáveis conseguem lidar com esse peso.

Defending Jacob, se desenrola de maneira lenta, propositalmente, para que o espectador aprecie cada descoberta, e sinta as dores juntamente com os personagens, bem como se surpreenda a cada reviravolta. Dessa forma faz todo o sentido, um episódio por semana.

No mais, enquanto saboreamos essa série, ficam os questionamentos: Como essa criança ficará? E seu psicológico? E a família? Será que ele é realmente culpado?

Ate agora, Tudo que posso dizer é assistam Defending Jacob!

Defending Jacob já estreou no Apple Tv+ e seus episódios serão lançados semanalmente.

LEIA MAIS SOBRE SÉRIES