Da ponte pra lá, produção nacional MAX chega em abril 

Thriller tem como pano de fundo a cidade de São Paulo e suas desigualdades, e reúne no elenco Gabz, Victor Liam, João Guilherme, Marcello Antony, entre outros.

A Max acaba de anunciar que sua nova série nacionalMax Original, DA PONTE PRA LÁ, estreia dia 4 de abril. Com produção executiva de Vicente Amorim, o drama investigativo terá sete episódios e traz no elenco Gabz, Victor Liam, João Guilherme, Marcello Antony, Augusto Madeira, Virginia Cavendish, entre outros.

O retrato de dois extremos dá vida à atmosfera de DA PONTE PRA LÁ. De um lado, São Paulo como a 10ª cidade mais rica do mundo e principal polo financeiro da América Latina. Do outro, uma cidade que carrega condições e expectativas de vida equivalentes à de muitos países listados entre os mais pobres do planeta. Neste paralelo sobre diferenças sociais e culturais dos jovens da periferia e do centro das grandes cidades, a série fala sobre paixão, amizade e luto, temas contextualizados entre dois mundos e divididos por um grande mistério: quem matou Ícaro?  

A partir da busca que Malu (Gabz) faz pela verdade sobre o que aconteceu com Ícaro (Victor Liam), ritmo forte, temas atuais e delicados, amores, cores, amizades, dor e alegria envolvem DA PONTE PRA LÁ, acompanhados por muita música. Do amor à violência, do sexo às drogas, das angústias a novos caminhos, o drama abarca diferentes feridas de uma sociedade desigual e, por meio da juventude, fala sobre justiça, amor, amizade e a busca por um lugar ao sol.

DA PONTE PRA LÁ é uma série Max Original produzida pela Floresta para a Warner Bros. Discovery. Criada por Thais Falcão e Erick Andrade, com roteiro de Luh Maza, Thais Falcão e Rafael Spínola e direção geral de Rodrigo Monte e de episódios de Giovanni Bianco, Luh Maza e Tatiana de Lamare e com supervisão de Anouk Aaron, Renata Rezende, Silvia Fu Elias e Luiza Toledo por parte da Warner Bros. Discovery.

Leia mais sobre conteúdos e notícias sobre MAX

Acompanhe também conteúdos diários em nossos canais do YoutubeInstagram e Tiktok
Para apoiar nosso trabalho, acesse catarse/crisepanda 😉