Escolha uma Página

Falta muito pouco para Jurassic World: Dominion chegar aos cinemas. O filme conectará as duas franquias e responderá perguntas deixadas por anos. O filme de Steven Spielberg, Jurassic Park, ajudou a definir o cinema moderno de grande sucesso, trazendo para o público efeitos nunca antes vistos.

Jurassic World, estabeleceu um contraponto com a ciência, onde é comprovado que humanos e dinossauros não viveram na mesma época, agora veremos como será essa relação, e para isso o diretor, Colin Trevorrow trará no próximo filme da franquia o elenco original de Jurassic Park (1993) Sam Neill, Laura Dern e Jeff Goldblum.

Decidimos então celebrar essa estreia, listando aqui 11 curiosidades sobre a franquia original que você talvez não saiba:

– É uma adaptação literária. Michael Crichton começou a trabalhar no romance que se tornou a base de “Jurassic Park” na década de 1980, escrevendo da perspectiva de um menino em um parque temático que estava presente quando os dinossauros escaparam. Publicado em 1990, logo chamou a atenção de Hollywood. Inclusive, vale ressaltar que existem muitas mudanças do original para o filme.

– Joseph Mazzello foi rejeitado em Hook, sendo considerado muito jovem para o papel, mas o próprio Spielberg ofereceu o papel de Tim à ele.

– Por mais que o filme seja JURASSIC PARK, os dinossauros só tem 15 minutos de tela.

– Uma das inspirações que Spielberg citou para seu filme é “Godzilla, Rei dos Monstros!”.

– Menos de um mês depois das filmagens de “Jurassic Park”, o elenco e a equipe enfrentaram um desastre na vida real quando o furacão Iniki atingiu a ilha de Kauai em 11 de setembro de 1991.

– Richard Kiley é a voz guia dos carros em Jurassic Park.

– O uso de imagens geradas por computador (CGI) em “Jurassic Park” representou uma conquista tecnológica inovadora para a indústria cinematográfica. Como Spielberg disse em uma entrevista de 2013 com a Entertainment Weekly: “Isso mudou os efeitos especiais para sempre e, para melhor ou para pior, realmente introduziu a era digital”. O filme ganhou três Oscars no Oscar de 1994: Melhor Edição de Som, Melhor Mixagem de Som e Melhores Efeitos Visuais.

– A ideia do Malcolm salvar as crianças distraindo o T-Rex com um sinalizador foi do próprio Jeff Goldblum. No roteiro original, o Dr. fugiria assustado.

– Para movimentar o Triceraptor, foram necessárias 8 pessoas.

– Originalmente, o final de Jurassic Park seria diferente! No roteiro os humanos derrotariam os Velociraptors. No entanto, segundo Spielberg, o T. Rex vivo era a “estrela” do filme, então ele mudou o final para trazê-lo de volta.

– Cientificamente, somente o Brachiosaurus e o Dilophosaurus [que inclusive não tinha babado no pescoço e nem cuspia veneno] realmente viveram no período Jurássico. O resto dos dinossauros eram do período Cretáceo.

Em Jurassic World Domínio, sequência direta do longa de 2018, – Jurassic World: Reino Ameaçado – os dinossauros agora circulam livres pelo mundo humano após os acontecimentos recentes. Alguns conseguem coexistir de forma pacífica em sociedade, todavia, outros trazem problemas. Os ex-funcionários do parque dos dinossauros, Claire (Bryce Dallas Howard) e Owen (Chris Pratt) se envolvem nessa problemática e buscam uma solução, contando com a ajuda dos cientistas experientes em dinossauros, que retornam dos filmes antecessores. Capítulo final da trilogia iniciada por Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros.

Jurassic Park Dominion chega em 09 de junho aos cinemas. Garanta seu ingresso no app/site da Ingresso.com.

LEIA MAIS SOBRE FILMES