Conheça o diretor de Wakanda: Para sempre

Pantera Negra: Wakanda Para Sempre” está em cartaz nos cinemas! O longa-metragem de ação volta a se aventurar no reino de Wakanda, onde uma nova ameaça surge de uma oculta nação submarina chamada Talokan. 

Quem está na frente da produção é Ryan Coogler, mesmo diretor de “Pantera Negra” (2018), primeiro filme do reino africano que fez bastante sucesso entre a crítica e o público. Conheça mais sobre o nome por trás do novo filme da Marvel Studios.

Onde tudo começou

Ryan Coogler nasceu em 23 de maio de 1986, em Oakland, Califórnia. Enquanto jovem, foi um atleta notável, fazendo atletismo e jogando futebol americano. Começou sua faculdade no Saint Mary’s College da Califórnia, em Moraga, pretendendo estudar química e praticar esportes. Após ser incentivado a fazer um curso de redação criativa, Coogler foi elogiado pelo professor, o que o encorajou a seguir nesta área.

Depois que o Saint Mary’s cancelou seu programa de futebol em março de 2004, ele ganhou uma bolsa para jogar no estado de Sacramento. Na cidade, se formou em finanças e, após a graduação, frequentou a Escola de Artes Cinematográficas da USC, onde fez uma série de curtas-metragens

Ryan Coogler também trabalha desde os 21 anos como conselheiro de jovens encarcerados no Juvenile Hall de São Francisco, além de ser o membro fundador e apoiador da campanha Blackout For Human Rights, comprometida em lidar com violações raciais e de direitos humanos que ocorrem nos Estados Unidos.

Carreira no cinema

Apesar de sua curta carreira, Ryan Coogler já é um cineasta muito renomado. Seu primeiro longa-metragem foi “Fruitvale Station: A Última Parada” (2013), pelo qual recebeu diversas premiações. Após isso, dirigiu outras produções de grande sucesso, como “Pantera Negra” (2018) e “Creed: Nascido para Lutar” (2015). Como produtor, participou também do premiado “Judas e o Messias Negro” (2021) e de “Space Jam: O Último Legado” (2021). Atualmente faz parte da roteirização e produção de “Creed III”.

Já em “Pantera Negra: Wakanda para Sempre”, Coogler é diretor e roteirista da produção. Ele destaca que este é um filme com focos diferentes do primeiro. “Nós ficamos muito empolgados em explorar a relação entre a Ramonda e a Shuri. O primeiro filme tem muito da dinâmica pai e filho – tanto o protagonista quanto o antagonista tiveram que lidar com a mudança depois que seus pais faleceram. Este filme tornou-se uma história com a maternidade como tema. Muitas vezes as mães têm que continuar sendo mães em situações difíceis”, comenta.

“Pantera Negra: Wakanda para Sempre” já está em cartaz nos cinemas de todo o país.

LEIA MAIS SOBRE FILMES