Escolha uma Página

No último dia 23, tivemos a oportunidade de participar da coletiva de ARUANAS. Sim, a segunda temporada chega no dia 25 no Globoplay e pudemos conversar com os criadores, Estela Renner e Marcos Nisti; o diretor artístico, André Felipe Binder; e as atrizes Taís Araujo, Camila Pitanga, Débora Falabella, Leandra Leal e Thainá Duarte; que nos deram mais detalhes do que esperar neste novo ano do show.

Esta nova leva de episódio já começa bem intensa, mostrando que os eventos do final da temporada 1 afetarão a vida destas mulheres.

“A maior liga destas personagens é a humanidade… e isso é muito rico…” – Taís Araujo.

Sabemos que esta nova temporada falará sobre um vilão silencioso, que é a poluição -de acordo a ONU, 76% da população vive em grandes metrópoles e é exposta, sem o seu consentimento, a uma quantidade inimaginável de poluentes- No entanto, Leandra Leal deixou claro que a amizade também será um tema extremamente relevante.

A história de ‘Aruanas’ agora se passa em uma pequena cidade fictícia e ganha novos personagens. Entre eles, o prefeito Enzo, interpretado por Lázaro Ramos, e Théo, o novo investidor e presidente do conselho da ONG, vivido por Daniel de Oliveira. Camila Pitanga volta como a vilã Olga. Também estão no elenco da segunda temporada nomes de peso como Lima Duarte e o astro internacional Joaquim de Almeida.

“…Estar nesse projeto para mim significa estar fazendo alguma coisa e eu me sinto muito honrada…” – Camila Pitanga.

A luta pelo direito fundamental de respirar um ar puro parece cotidiana e fruto de uma causa perdida, mas não para todos. Para as ativistas da fictícia ONG Aruana, essa é uma guerra que não chegou ao fim. O desafio agora é contra uma epidemia silenciosa, que faz milhares de vítimas precoces ao redor do mundo e custa bilhões a economias internacionais: a poluição urbana.

“Na primeira temporada, falamos de Amazônia, que, para muitos, pode até parecer distante. Agora, falamos de matriz energética que tem reflexo no nosso dia-a-dia: em tempestades mais violentas, represas esvaziadas, aumento do nível dos oceanos, entre outras causas de um desequilíbrio ambiental causado pela atividade humana, e que tem consequência direta na vida da maioria das pessoas, inclusive nas causas de várias doenças respiratórias”, enumera Estela Renner, autora da trama ao lado de Marcos Nisti, que completa: “Mas a série continua, sobretudo, falando de ativismo, em um dos países que mais mata ativistas no mundo. E, claro, temos também a força dessas mulheres em destaque”.

E por falar em Amazônia, os planos é de que a terceira temporada [eles deixaram escapar que possivelmente acontecerá] deve se passar na Amazônia: “A gente se apaixonou por filmar na Amazônia, e esperamos voltar para lá na próxima temporada.” – Explica Marcos Nisti

O tema pandemia não poderia ficar de fora da conversa, afinal de aproximadamente 100 dias de filmagens , mais de 80 foram em meio a pandemia. E ao serem questionadas, todos foram enfáticos em dizer o quão desafiador foi.

“Foi importante ter que vencer o medo de sair de casa, confiar nos meus amigos de elenco, que a gente ia proteger o outro. Pra mim, foi um aprendizado gigantesco. Eu não sei se qualquer trabalho me tiraria de casa. Cada vez que eu ia pro set, eu vencia o medo e também me enchia de esperança”, relatou Leandra.  Débora complementou “Quando a gente retornou foi muito bonito. A gente retornou de outro jeito, talvez com mais bagagens das nossas personagens. Como a gente não sabia muitas coisas, era tudo extremamente esterilizados. Depois foi muito bom como a gente foi se sentindo segura”

Aruanas é uma produção que definitivamente presta um serviço público social, trazendo à tona dados e fatos sobre como industrias, governo e população lida com o planeta. É uma luta silenciosa para muitos, mas para outros questão de vida ou morte, isso porque muitos morrem tentando fazer o melhor em prol de todos nós e nem sabemos…

A questão é que por mais que seja uma obra de ficção muitos dados são reais, e é tão real quanto a poluição, quando o desmatamento, quanto as queimadas… Fica para nós o questionamento: O QUE VOCÊ TEM FEITO PARA O PLANETA? Se ficar em dúvida comece pelo lixo, ou pela torneira que pinga sem parar. Seja a diferença.

No mais, bora dar play na segunda temporada de Aruanas no dia 25 de novembro, só no Globoplay!

LEIA MAIS SOBRE SÉRIES