Ser fã, é amar aquela determinada produção, tendo ela erros ou acertos. Com Dark não foi diferente. Desde sua estreia em 2017, arrematou uma legião de fãs incansáveis e apaixonados, que buscam por respostas por meio de teorias.

Mas além destes fãs teóricos, a série original Netflix influenciou artistas. Com seus trabalhos incríveis, ajudaram a espalhar a palavra de Dark e popularizar o show, que virou trend no Twitter antes mesmo da estreia de seu´ultimo ciclo.

E para homenagear estes artistas, destacamos dois aqui, que fizeram o organograma das famílias de Dark de uma maneira tão impar que não podíamos deixar de enaltecer. São eles: Luana Castellano e Ruan Nunes.

Dark, foi a primeira produção Alemã para a plataforma. Criada por Helmer Baran bo Odar Jantje Friese; tem em seu elenco Louis Hofmann, Oliver Masucci, Jördis Triebel, Maja Schöne, Sebastian Rudolph, Anatole Taubman, Mark Waschke, Karoline Eichhorn, Stephan Kampwirth, Anne Ratte-Polle, Andreas Pietschmann, Lisa Vicari, Angela Winkler Michael Mendl.

Em sua terceira e última temporada, “Dark” traz um desfecho intrigante que vai além dos conceitos de tempo e espaço. Jonas chega a um novo mundo e tenta entender o que essa versão de Winden significa para seu próprio destino. Os que permanecem no outro mundo precisam descobrir uma maneira de quebrar o ciclo, que agora não apenas altera o tempo como também o espaço. Dois mundos. Luz e escuridão. E, ao centro, uma trágica história de amor.

As três temporadas de Dark estão disponíveis na Netflix.

Aproveitem para conferir nossa playlist da séries!

LEIA MAIS SOBRE SÉRIES