Escolha uma Página

TÍTULO: A Altura Deslumbrante

AUTOR: Katharine McGee

EDITORA: Rocco Jovens Leitores

PÁGINAS: 384

ANO: 2019

GÊNERO: Distopia / Romance

COMPRE O LIVRO AQUI

SINOPSE

2118 Manhattan é lar de uma torre de mil andares de histórias, uma maravilha de tirar o fôlego que toca o céu. Mas em meio ao luxo high-tech e ao glamour futurista, cinco adolescentes estão escondendo os seus mais perigosos segredos… Leda é assombrada por lembranças do que aconteceu na pior noite da sua vida. Ela fará de tudo para que a verdade continue escondida – mesmo que isso signifique confiar em seu pior inimigo.

Watt só quer deixar o passado para trás e seguir em frente… até que Leda o força a hackear mais uma vez. Será que ele fará o que for preciso para se livrar dela para sempre? Quando Rylin ganha uma bolsa de estudos para uma escola dos andares superiores, sua vida muda da noite para o dia. Mas estar lá significa ver o garoto cujo coração ela partiu. Avery sofre por amar a única pessoa no mundo que ela nunca poderia ter. E está desesperada para estar com ele… custe o que custar.

E então há Calliope, a misteriosa garota que chega a Nova York determinada a provocar um alvoroço. E ela sabe exatamente por onde começar. Mas, sem que saibam, alguém está observando cada movimento deles. Alguém que pensa em vingança. E em um mundo de alturas tão deslumbrantes, um mísero passo em falso pode significar uma queda devastadora.

O Milésimo Andar deu início a trilogia de Katharine McGee. A rede de mistérios entranhados nas paredes da torre gigantesca chegou as livrarias em 2018. E a Editora Rocco acaba de lançar o segundo volume da trilogia. A Altura Deslumbrante continua exatamente de onde seu antecessor parou. A queda misteriosa de Eris não foi solucionada e todos vivem em silêncio com os segredos daquela noite. 

Avery perdeu a melhor amiga, mas sua paixão secreta por Atlas a impediu de contar a verdade. Rylin ainda está apaixonada por Cord, mas sabe que não conseguirá reconquistar sua confiança. E embora ela acredite que não o verá novamente, a jovem ganhou uma bolsa de estudos para estudar em um dos andares mais altos da torre, na mesma escola de Anderton. Leda vive assombrada pelo crime que sabe não ter cometido. Ou será que cometeu? Ela empurrou Eris da torre por legítima defesa, mas será que todos acreditarão nessa versão? 

A História

A estrutura de Altura Deslumbrante repete a de Milésimo Andar. Os capítulos são narrados pelo ponto de vista do personagem a que se referem: Avery, Leda, Watt, Rylin e Calliope. Enquanto já conhecemos o modo de pensar dos quatro primeiros, a última vem para ser uma espécie de vilã. Calliope vive a custa dos golpes que dá junto com sua mãe. As duas acreditam terem nascido para a realeza, ou como funciona na torre, os moradores dos últimos andares. Calliope dá um ar novo a história, visto que os antigos personagens são apenas mais do mesmo. 

A morte de Eris repecurtiu nas vidas de todos seus supostos amigos. Ninguém consegue esquecer aquela noite, principalmente com os mistérios que a circundam. Atlas e Avery permanecem apaixonados, mas sabem que não podem ficar juntos. Leda está com uma péssima condição financeira, além de descobrir sentimentos que ela considerava imposíveis. Watt ainda vive com Nadia em sua cabeça, mas a chegada de Leda mexe com o rapaz. Rylin quer ter uma outra chance na vida, mas não imaginava que ela seria nos mesmos corredores que Cord Anderton cruza todos os dias. 

A Altura Deslumbrante

Como uma continuação, o livro deixa um pouco a desejar. Não temos a solução para o que aconteceu no primeiro livro, pelo contrário. As histórias paralelas a morte de Eris apenas ganham novos elementos, novas informações. Temos acesso, porém, a versões de personagens que não conhecíamos. Rylin ganha mais espaço na trama e certamente é uma das melhores personagens. Ansiava pelos momentos em que ela teria sua chance de narrar seus pontos de vida. Avery e Leda, apesar do protagonismo, desaparecem diante de Rylin, Watt e Calliope. 

A escrita da autora norte-americana permance intrigante. Não é uma leitura fácil, principalmente pelo número de páginas. Tentei ler diversos capítulos em um único dia, mas o número de detalhes acaba por cansar o leitor. Mas a vontade de descobrir o que irá acontecer em seguida é enorme e isso nos estimula a continuar. Ficou claro que McGee quis repetir a fórmula de seu primeiro sucesso. O problema está em seus personagens, que após tantas páginas, não conseguem segurar a trama. O Milésimo Andar se destaca mais como livro, mas A Altura Deslumbrante consegue continuar a trama. Nos resta aguardar pelo terceiro volume da trilogia.