Os sete primeiros episódios da quinta temporada de Game of Thrones deixaram os fãs da série super ansiosos pela contagem de história e pouca ação. Já falei aqui, algumas vezes, que não me importei muito, mas fui ficando com gastura, rs. Ontem, na exibição do oitavo episódio, tivemos uma demonstração de que, uma história bem construída, é composta de muito blablabla sim e que ninguém pode reclamar disso. Trata-se de um jogo dos tronos, trata-se do embasamento de muitos personagens espalhados por todo um continente, mas, lutando por um mesmo ideal: o trono de ferro. Por que ser ansioso e não amar a história também? Bom, agora, parece que o negócio começou pesado, Jon Snow foi jogado de corpo e alma em uma incrível batalha e os próximos e finais episódios da temporada, prometem muito!

O episódio teve, basicamente, quatro divisões de roteiro com os personagens que estão arrancando nossas emoções de dentro do coração: AryaTyrion e DaenerysCerseiJon Snow. Pudemos ver tudo isso, acontecendo ao mesmo tempo, sem nenhum problema de mudança de foco, exatamente porque o roteiro foi muito bem construído em cima de tudo o que assistimos nos sete primeiros episódios da temporada. Vamos por partes então porque eu estou emocionada demais, rs, aposto que vocês também!

Tyrion Lannister e Daenerys Targaryen s05e08

Tyrion LannisterMormont, finalmente, conseguiram um momento para conversar com Daenerys Targaryen sobre suas intenções. Para quem não lembra, Daenerys expulsou Mormont dizendo que, se o visse mais uma vez por ali, o mataria. Tyrion disse que chegou até ela para lhe servir como conselheiro por experiência e que, portanto, deveria ser ouvido mais do que ela pretendia. Como primeiro conselho, Daenerys pediu que ele dissesse o que ela deveria fazer com Mormont – até mesmo para testar sua sinceridade, já que, de alguma forma, ele parecia aliado de Mormont até ali. Tyrion, como sempre sendo Tyrion Lannister, disse que o homem errou, mas que também mudou, portanto, deveria receber mais uma libertação, desde que saísse da cidade. Daenerys, finalmente, com um pouco de bom senso e um conselheiro de verdade, ouviu o anão e ficou felizinha (pelo menos parece) com o novo grau de conselhos que irá receber. E eu fiquei feliz porque a bichinha estava meio fraquinha de conselheiros mesmo.

Cersei Lannister

Cersei Lannister permanece sem nenhum tipo de regalia na prisão. A rainha está sendo acusada de incesto, perversão, trocentas coisas e só consegue pensar que seu filho, o Rei, não a visitou ainda. E acho que ela pode ficar sentada esperando, já que Tommen entrou em um processo de depressão e não está nem um pouco afim de ver sua esposa e mãe na cadeia. Cersei tem uma chance, a confissão, mas, parece que isso não está sendo considerado por ela de jeito nenhum. Nem água ela está bebendo, como você pode ver na foto acima. Cersei está, literalmente, no fundo do poço e está sendo incrível estar viva para ver isso. Você não acha?

Arya Stark

Arya Stark, ou não, finalmente, recebeu sua primeira grande missão. Incrível a felicidade da pequena ou ouvir sua meta de assassinado de um apostador do cais. Ver o crescimento de Arya, perceber suas pequenas lições, acompanhar a curva de herói que ela está tendo, está sendo uma das coisas mais incríveis desta temporada. Sabemos todos que Arya terá um grande papel na história de Westeros como um todo e claro que estamos ansiosos aguardando. O que você está achando de Arya e seu treinamento? Comente aqui embaixo, no final do post! 🙂

Jon Snow e os White Walkers

Claro que o ponto forte do episódio foi a primeira grande batalha entre o grupo de Jon Snow e os White Walkers – que, por sinal, coloca qualquer cena de batalha de The Walking Dead no chinelo, não acham? Jon e Tormund chegaram ao acampamento dos homens livres para galgar uma parceria necessária já que os Outros estavam chegando e o inverno também. O discurso foi incrível, vale a pena assistir mais de uma vez. Tormund descreveu Jon em sua mais perfeita forma! Mas, quando tudo estava bem e eles resolveram lutar juntos, surgem os White Walkers com seu exército de homens-zumbis. Uma batalha épica, mesmo que ainda muito pequena. Jon Snow quase padeceu e eu quase morri com isso – alguém mais gritou ou só eu fiz escândalo, mesmo?

Jon Snow, em meio à batalha, fez uma descoberta incrível: sua espada, feita em Aço Valiriano, destrói em pedacinhos, qualquer White Walker. Fala sério se não é super divertida e conveniente esta descoberta. Agora, só nos resta descobrir se o que matou o White Walker chefão foi o Aço Valiriano realmente, ou se foi aquela teoria de Jon ser uma reencarnação de Azor Ahai. O que você acha disso? Ansiosos pelo próximo episódio?

Jon Snow e Tormund

Uma pausa para elogiar todas as cenas de diálogo entre a Patrulha da Noite e Jon Snow com as tribos dos Homens Livres, liderados, atualmente pelo menos em diálogo, por Tormund. As cenas foram maravilhosas, os diálogos impecáveis e a produção para a batalha, de explodir cabeças. Estou muito ansiosa pelo nono episódio e, claro, pelo season finale. Estou achando que esse fim de temporada promete muito, e você? Não esqueça de deixar seu comentário aqui embaixo! Beijos!

Compartilhe: