Warcraft: O Primeiro Encontro de Dois Mundos!

-por , em 03/06 -
Warcraft: O Primeiro Encontro de Dois Mundos!

WOW! Enfim chegou o momento de assistir um dos filmes mais aguardados de 2016, baseado em games, claro! Então, prepare seu machado e suas presas que eu vou fazer questão de separar, aqui, com vocês, alguns pontos positivos e outros não tão bons assim sobre o filme – será que tem? – relaxa, não tem spoiler! 

Para companhar todas as novidades sobre filmes, séries, cultura pop/nerd e muito mais, acompanhe a gente nas redes sociais – é tudo coxinhanerd – os links estão no final do post! Também postamos vídeos novos três vezes por semana em nosso canal no Youtube – inscreva-se aqui para acompanhar!

Eu confesso que cheguei super animado no cinema e, de cara, o cenário do filme realmente impressiona muito – como todos pudemos comprovar no trailer. Tudo começa no mundo dos Orcs – brasileiros que jogam WoW e possuem um amor todo especial pela Horda, vocês me entendem nesse momento quando digo que foi emocionante esse pedaço. A agressividade e o ímpeto pela batalha anima demais durante o começo do filme! E é nesse ponto que aparece o Orc Durotan, um orc extremamente sentimental, carinhoso e COM MEDO de ir para a batalha de Azeroth e deixar sua esposa grávida – sério, mas ok.

Daí vamos conhecer a Aliança – acreditem, as cidades são maravilhosas, como no trailer, como no jogo! Vemos um pouco de uma cidade de anões, os principais reinos humanos e o visual é simplesmente incrível! E é exatamente aí que meu grande problema com o filme começa: a interpretação dos atores. Dá para notar que existe uma grande força de vontade do ator Travis Fimmel (que interpreta Anduin Lothar no filme) de dar peso à todas as cenas… Mas, ninguém mais (ninguém mesmo) o ajuda nessa árdua tarefa.

WARCRAFT

O rei dos humanos (Dominic Cooper) é terrível, a meio-orc (Paula Patton) até que começou bem no filme, mas ela esquece completamente sua metade meio orc no meio da história e parece simplesmente uma personagem humana. Rolou uma forçação para encaixar um romance completamente sem sentido na história e pior, no momento mais “nada a ver” possível. Porém, para não me apedrejarem demais, confesso que amei as cenas de batalha e, claro, torci pela Horda durante todo o filme!

Se você é um grande fã de World of Warcraft, já gastou muito dinheiro com a Blizzard, “upou seu char” e acordou de madrugada para acompanhar uma “raid”, fato que esse filme foi feito para você! Pode ir ao cinema super tranquilo que você vai ter uma experiência fantástica!

Ah, e se atente à trilha sonora do filme – FANTÁSTICA! Vou até adicionar no Spotify para curtir durante a semana! kkkkk Faça isso também!

LEIA TAMBÉM:

NOITE DO MEDO: CINEMARK FAZ MARATONA DO TERROR!

CONFIRMADO MARY POPPINS PARA 2018!

5 FILMES ROMÂNTICOS QUE SEU NAMORADO NÃO VAI RECLAMAR!

DICAS DE INVERNO NA NETFLIX!

Panda Mendes
por

Panda Mendes

Amante de boas histórias! Bem humorado e curioso… Corre atrás de qualquer história por poucas moedas de ouro! RPGista nato, acredita que a representação não é somente uma arte, mas sim uma dádiva! Viciado em séries e em tudo o que o mundo Nerd possa oferecer!

Recomendamos para você