The Walking Dead: Internamento!

-por , em 13/11 -
The Walking Dead: Internamento!

Sabe aquele tipo de episódio de The Walking Dead que te faz imaginar que está em um jogo super realista e dedicado aos detalhes de extermínio de zumbis? Pois então, desde a primeira temporada tivemos alguns episódios feitos neste modelo e este quinto episódio da quarta temporada, chamado Internment (Internamento) foi feito exatamente nesta vibe.

Não que eu esteja reclamando, o nível de realismo e tensão nesse tipo de episódio é simplesmente fantástico para quem conhece e acompanha a série desde seu comecinho. Eu já li o livro e posso dizer que Kirkman não é de poupar detalhes, como neste último episódio – exemplo: aquele momento em que a menininha começa a brincar com o pé no sangue encatarrado que saiu da boca de Glenn. Posso dizer que, até agora, este conseguiu ser o melhor episódio da quarta temporada, sem políticas, sem blábláblá e sem mimimi, somente zumbis, sobrevivência e muita guerra. Bom demais! [Confira abaixo algumas imagens de s04e05 – Internment, clique nas imagens para visualizá-las em tamanho real]

the walking dead criança e zumbi the walking dead hershel e doutor the walking dead hershel e irmã do tyresse the walking dead hershel zumbi

Hershel está se provando um verdadeiro herói da fé – nada a ver com religião, por mais que ele não deixe de lado sua pequena bíblia, mas me refiro a sua fé na humanidade, na vida, na sobrevivência. Algo que Rick e seu grupo se deixaram esquecer. É impressionante como, mesmo sendo um personagem extremamente chato e que eu não gosto nem um pouco, ele conseguiu se fazer necessário em todos os momentos das últimas tramas. Esse último episódio então foi desgastante, cansativo, ele curou, lutou, ajudou, colaborou, se esforçou, acreditou e, no final, sentou e rezou. O cara é bom, de coração e de dedicação ao semelhante. Se, durante o apocalipse zumbi eu tiver um Hershel ao meu lado, neste momento, já fico feliz.

Quando esta temporada começou e fomos apresentados à famosa gripe apocalíptica, era certo de que muita gente morreria e rápido, ficou bem evidente isso. O que deixou tudo muito mais dramático, foi a doença pegar no Glenn, simples apego ao personagem que fez todo mundo sofrer junto com ele e com a Maggie. Não satisfeitos, ainda me colocam uma Carol completamente vestida para matar (modo de dizer, incrível, mas tem que explicar), decidida a aniquilar todos que se mostram como perigosos. Bom, em meio ao caos e ao complexo julgamento que divide opiniões sobre as atitudes de Rick, surgem outros problemas: Crises, amores, desamores e uma invasão zumbi ao terreno na prisão. [Confira abaixo algumas imagens de s04e05 – Internment, clique nas imagens para visualizá-las em tamanho real]

the walking dead hershel the walking dead maggie e glen the walking dead maggie tiro the walking dead maggie

Aliás, diga-se de passagem, aplausos para Carl e Maggie que defenderam a honra de seus pais e mostraram que, na hora do vamos ver, não existe instinto protetor maior do que o de um filho com seus pais. É impressionante o que os dois ouviram, obedeceram, baixaram cabeça e somente na hora que o sangue subiu à cabeça e a situação se complicou, que eles ultrapassaram a barreira e tomaram a frente. Carl mandou muito bem na defesa da prisão, sozinho com seu pai, e Maggie mandou muito bem fazendo de tudo para entrar na área da quarentena e ajudar seu pai. Foram cenas fortes e marcantes que fizeram o episódio se tornar épico.

the walking dead governador

E, no final do episódio, depois de muita morte, muito choro, muito desespero e muita tensão em todos os momentos e histórias, nada mais justo do que aparecer o nosso saudoso Governador. Com toda sua pompa e circunstância, ele estava à espreita, somente observando toda a confusão que invadiu a prisão de seu arqui-inimigo Rick. Bom para a Michonne, que estava procurando por vingança, péssimo para a galera da prisão que não sabe o que lhes aguarda e ótimo para o Governador que tem a vantagem da surpresa em seus bolsos. O que será que vai rolar de agora para frente? #curiosa

Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você