A volta do Tamagotchi

-por , em 08/02 -
A volta do Tamagotchi

Antigamente, existia uma febre entre as crianças, que era a do bichinho virtual. Originário japonês, o brinquedo cujo nome provinha da palavra japonesa para ovo “tamago”, tinha como função abrigar um serzinho digital todo feito de pixels do qual deveríamos cuidar dando comida, banhos, colocando para dormir, brincando e dando vacinas quando ficava doente. Se bem cuidado, o bichinho durava até um mês, passando por todas as fases da vida até morrer velhinho. Eu tive a sorte de ainda pegar o finzinho dessa brincadeira e tive alguns também, mas nunca consegui cuidar de um até o fim.

tamagotchi

Porém as gerações passam e hoje as crianças não querem mais saber de joguinhos assim. Com isso, o brinquedo ficou esquecido no tempo. Ainda tentaram relançar, alguns anos atrás, com inovações, para atrair a criançada.

A primeira tentativa, feita pela Mattel, foi a criação da pixel chix. Basicamente, é uma garota 2D projetada centro de uma casinha com móveis de verdade que tinha funções similares a de um tamagotchi comum. Mas ao conectar as casinhas ou carrinhos das amigas ao seu brinquedo, as garotas se visitavam e brincavam juntas, ou passeavam pela cidade. O brinquedo até que fez sucesso.

tamagotchi

No fim do ano passado, o tamagotchi original foi relançado, agora sob o nome de “tamagotchi friends”, onde, além das funções normais de um bichinho virtual, ele também oferecia interatividade entre o bicinho de outra pessoa, mandando presentes e mensagens para ele. Porém a brincadeira voltou cara. Um desses chegou ao mercado custando entre 70 e 100 reais, não fazendo muito sucesso.

tamagotchi

Mas agora, com os smartphones à mão de todo mundo, é fácil achar na Play Store ou no iTunes algum bichinho virtual novo. Das diversas opções, foi unânime o sucesso de Pou, mas deixo aqui duas sugestões diferentes para os que gostam de jogos do gênero.

Se você prefere o jogo clássico, com pixels e tela verde acinzentada, recomendo que jogue Hatchi. Ele segue exatamente a mesma engine do tamagotchi, e o que muda é que você não escolhe que tipo se ser o seu pet vai ser. Ele é definido de acordo com a maneira com a qual você interage com ele.  Ainda, existe a loja, onde você compra alimento, medicina e Power ups com as moedas que ganha jogando o minigames que existem no app.

tamagotchi

Mas, se você que algo mais atual, recomendo Egg Baby, em que você deve cuidar de ovinhos até que rachem e se tornem uma criatura. Enquanto ovos, você pode personalizá-los, brincar com eles, ler para eles e atender às suas necessidades. Em troca, eles vão de tempo em tempo dar recompensas em moedas. Você pode ter até seis ovos. Porém, quando criatura, o seu pet já não vai mais estar sob seus cuidados. Ele vai ficar no quintal vivendo sozinho e dando recompensas de tempo em tempo.

tamagotchi

 

Larissa Fogo
por

Larissa Fogo

Otaku e gamer assumida, é uma garota que ama o Japão e tudo referente ao assunto. Joga FPS e lê romances e aventuras. Também é uma futura química (não, não peçam para "cozinhar", porque se bobear, inventa um jeito de queimar até a água). Idolatra a Lara Croft. É uma nerd de todo coração!

Recomendamos para você