Sidney Sheldon, falecido em 2007, foi um dos grandes autores e roteiristas americanos e durante sua vida publicou 18 romances, tendo todos alcançado o topo da lista dos mais vendidos do The New York Times. Sheldon entrou para o livro dos recordes como o autor mais traduzido do mundo. Para completar o currículo deste fabuloso autor, ele escreveu mais de 250 roteiros televisivos, seis peças da Broadway e mais de 25 filmes.
Seu primeiro romance publicado, intitulado A Outra Face (muito bom, por sinal…) foi lançado como suspense em 1970 depois de Sheldon achar que a história era muito “psicologicamente variada” para cinema, TV ou teatro. A história gira em torno da vida de um psicólogo que é acusado de assassinato e foi vendida para a Editora Mirrow por mil dólares.
O livro A Outra Face foi nomeado “melhor livro de estréia” no Edar Allan Poe Award de 1971. O segundo, e também fabuloso livro foi O Outro Lado da Meia-Noite. A partir de então, com 100% de aprovação e topo da lista do The New York Times por 53 semanas consecutivas, Sheldon decidiu se dedicar à literatura definitivamente. Apesar de ter sido bem sucedido em suas vendas desde o início, o autor nunca foi aprovado pela crítica, que costumava publicar comentários sempre depreciativos. Várias de suas obras foram adaptadas para os cinemas e para séries e muitas destas vezes, o próprio Sidney Sheldon era o produtor.
O Famoso Estilo de Sidney Sheldon — Como hábito, Sheldon colocava como protagonistas de seus livros sempre mulheres pois, segundo ele mesmo, “gostava de escrever sobre mulheres talentosas e capazes, mas que mantinham sua feminilidade”. Muitos de seus personagens masculinos eram malévolos e impiedosos. Os romances eram escritos com elevado grau de suspense e sensualidade, contando com elementos como fama, fortuna, intrigas, assassinatos, desaparecimentos e vingança. Sheldon comentava que tentava escrever seus livros “de uma maneira que os leitores não pudessem largá-lo” (e realmente conseguia). Mais um de seus comentários de efeito era o “não se pode enganar um leitor, portanto só descrevo cenas dos meus personagens quando já estive naquele lugar”. O autor tinha ainda o costume de contar a história oralmente para que a sua secretária digitasse, ou então utilizava um gravador, completando em média 50 páginas por dia. No dia seguinte ele fazia a revisão do que havia feito no dia anterior e repetia o processo até que o livro estivesse finalizado.
Veja abaixo a lista de livros de Sidney Sheldon… Fazendo este post reparei que só falta 1 livro da lista para eu dizer que “li todos os livros de Sidney Sheldon”…yey! 
 
A Outra Face
O Outro Lado da Meia-Noite
Um Estranho no Espelho
A Herdeira
A Ira dos Anjos
O Reverso da Medalha
Se Houver Amanhã
Um Capricho dos Deuses
As Areias do Tempo
Lembranças da Meia-Noite
Juízo Final
O Estrangulador
Escrito nas Estrelas
Nada Dura para Sempre
Corrida pela Herança
O Ditador
Manhã, Tarde e Noite
Os Doze Mandamentos
O Fantasma da Meia-Noite
O Plano Perfeito
Conte-me Seus Sonhos
O Céu Está Caindo

Quem Tem Medo do Escuro?
O Outro Lado de Mim
A Senhora do Jogo
Depois da Escuridão