Sim, pessoas! Vamos falar de arte! Mas especificamente de pintura, pós-impressionista e, na minha humildade opinião, maravilhosa! Falemos de Vincent Van Gogh!

 

Dono de muitas das pinturas mais lindas que existem, Vincent Van Gogh teve uma vida de fracassos, não tinha amigos, esposa e nem dinheiro mesmo para sobreviver decentemente. Aos 37 anos, acabou se suicidando, por ter desenvolvido uma doença mental. O pintor, que falecera em 1890, só foi começar a ser reconhecido em 1901, após ter suas telas exibidas em uma feira em Paris. Estranho esta mania do ser humano de valorizar o trabalho de alguém só depois que este morreu, não?! Enfim… Depois de sua morte fora considerado um pioneiro de tendências impressionistas com aspirações modernistas, virando influência para os principais movimentos que viriam no século XIX. [Clique nas imagens abaixo para vê-las em tamanho real]

 

download campodetrigocomcorvosaury1 o-quarto-de-van-gogh-em-arles-_-1889-_-oleo-sobre-tela-920-x-730-mm

 

Não… Não quero dar uma aula de história da arte, mas, vocês devem estar se perguntando o porquê da minha pessoa estar falando tudo isso agora?! Simplesmente, porque, além dos livros de história nos retratarem isso, Doctor Who também, nos conta, dentro do seu prisma, a sensível trajetória de um dos pintores mais brilhantes de todos os tempos. Sim, temos um espaço em Doctor Who dedicado a Van Gogh, um dos episódios mais emocionantes, diga-se de passagem.

 

Na quinta temporada, no episódio 10, nos deparamos com o Doctor e sua companion, Amy, no museu do Louvre em uma exposição sobre o nosso querido artista. Tudo estaria ocorrendo bem se eles não tivessem encontrado um sinal alienígena em um dos quadros, o que fez com que eles voltassem ao tempo de Vincent para resolver esse problema. Claro que não vou dar detalhes do episódio (Spoilers!), mas não posso deixar de falar o quão sensível eles foram ao tratarem de Van Gogh nesse episódio e o quanto que ele fora bem interpretado por Tony Curran, que, além de ser muito parecido com o pintor, conseguiu dar voz a esse misto de loucura, desespero e extrema sensibilidade que permeou na vida do artista homenageado.

 

Vincent-and-the-doctor

 

E Doctor, tocado pela profunda tristeza de Van Gogh, traz o pintor a 2010, construindo uma das cenas mais emocionantes que pudemos assistir neste seriado.

 

 

Vincent ainda aparece em mais outro episódio, por conta de um quadro, este somente feito na série mesmo, que está intimamente ligado ao fechamento da 5ª temporada. Ficou curioso?! Então não deixe de conferir! Agora, antes de deixar vocês em paz, preciso falar só mais uma coisinha, prometo! Recentemente foi encontrado um quadro novo de Van Gogh, Ocaso em Montmajour, e se olharmos ao fundo do quadro, no lado esquerdo na parte superior, aparece uma estrutura muito parecida com a TARDIS. O que será isso?! Coincidência ao destino?!

 

66943_553641804690515_1493096457_n

 

De qualquer maneira, não deixem de conferir as maravilhosas obras desse artista que conseguiu nos passar sua visão de uma maneira bem particular e sensível, e claro, o episódio em questão de Doctor Who, porque, pode ter certeza, é emoção na certa! E de bônus, duas imagens que eu achei de Doctor Who a la Van Gogh! [Clique nas imagens abaixo para vê-las em tamanho real]

 

doctor-who-van-gogh-tardis-france images (2)

 

 

Perfil Natalia

Natalia Cordeiro

Espero que tenham gostado da curiosidade!
E sim, Van Gogh já era meu pintor favorito antes mesmo do episódio de Doctor Who! Geronimo!
Facebook