O super-herói favorito de Stan Lee está fazendo aniversário no dia de hoje. Em uma data fictícia criada nos quadrinhos, em 10 de agosto de 2001 nasceu Peter Parker. Criado em 1960 pelo então quadrinista da Marvel, Lee não sabia, mas seu herói se tornaria aquele com quem a maior parte dos fãs se identifica. Seja o jeito atrapalhado de Peter ou seu lado humano, não é atoa que o personagem é conhecido até hoje como o melhor amigo da vizinhança.

A origem

Nas HQs originais, Peter é um adolescente que ainda frequenta a escola, não possui super poderes e precisa se preocupar com coisas básicas na vida, como arrumar dinheiro, passar de ano e lidar com as paixões de sua adolescência. Criado pela tia, Peter perdeu os pais ainda quando era um bebê. Ambos eram oficiais da CIA enviados em uma missão como agentes duplos. Eles foram descobertos e mortos, deixando Peter sob os cuidados dos tios, Ben e May.

O menino cresceu e se tornou um pequeno gênio, sempre interessado pela ciência e por experimentos loucos. Peter estava longe de ser popular e a timidez não o ajudava. Ele sofreu bullying ao longo de todo o ensino médio e seu pior problema era Flash Thompson, um garoto popular da escola. Magro e dedicado a ciência, Peter se tornou o alvo perfeito dos mais implicantes. Seu mundo mudou após uma exposição pública sobre lixo nuclear.

A mudança

Em uma das cenas mais clássicas dos quadrinhos e dos cinemas, Peter é picado por uma aranha na exibição. Enquanto um acelerador de partículas era exibido, uma aranha foi irradiada pelo aparelho e cai na mão de Peter. Ele é picado e a aranha cai morta após tanta radiação. O menino ainda não imaginava, mas seus poderes surgiriam ainda naquele dia. Ao quase ser atropelado por um carro, Peter consegue saltar sob o veículo e percebe que seu corpo está mudando.

Inspirado pelas novas habilidades, Peter se inscreve em uma luta contra um lutador profissional. Caso ganhe, conseguirá levar algum dinheiro pra casa e ele assim o faz. Após vencer, o garoto consegue a oportunidade de se apresentar em um programa de televisão e sabe que precisa de um novo visual. É assim que cria o uniforme vermelho e azul, além do nome de Homem-Aranha, inspirado no inseto que lhe deu poderes.

A perda

A vida cobra o preço de Peter, quando ele tem a oportunidade de impedir um assalto. Ele vê o ladrão, mas nada faz, afinal, ele não é da polícia. Ao chegar em casa, porém, Peter descobre que seu tio Ben foi assassinado ao tentar impedir um ladrão que estava correndo. Todos sabemos que ambos os ladrões são a mesma pessoa e a culpa assola o jovem Peter Parker, que usando seu traje decide enfim ir atrás do bandido. Ali nasceu o herói que hoje conhecemos como o Homem Aranha, membro dos Vingadores e vigilante das cidades.

A morte do tio traz consequências a situação financeira da família. Sem emprego e com a tia debilitada, Peter precisa achar uma forma de trazer dinheiro para casa e sabe que seus poderes podem ser úteis. Ele é negado em todas as vagas de emprego que tenta, até mesmo uma tentativa de fazer parte do Quarteto Fantástico. As portas finalmente se abrem para ele no Clarim Diário, que oferece emprego para quem conseguir tirar foto do vilão Abutre. Peter consegue vender as fotos e impedir o vilão, descobrindo ali sua nova função.

Apaixonado pela ciência, ele cria seu lançador de teias em forma de bracelete. Com isso, Peter consegue voar pela cidade, tirar suas fotos e ainda capturar bandidos.

Os inimigos

Após começar a colocar pessoas na cadeia, Peter passou também a atrair inimigos e o jeito debochado e ingênuo de Parker pode ser bem irritante quando você é um vilão. A vida do herói começou com um animal, então nada mais natural que seus vilões também carreguem essa característica. Dentre eles temos Rino, Dr. Octopus, o Lagarto, o Escorpião, o Abutre e o Camaleão. E não param por aí.

Peter não é muito querido por seu chefe, J. Jonah Jameson. Ele acaba arrumando confusões com o Rei do Crime, com quem divide o sentimento de ódio com o Demolidor. Por fim, um de seus maiores inimigos é o simbionte Venom, que já ganhou filme solo nos cinemas.

Os amores

Como todo adolescente, Peter se apaixona bastante. Nomes como Liz Allen e Betty Brant ocupam a lista de namoradas do garoto nerd do ensino médio. Por mais que esses nomes possam ser desconhecidos para você, ele também tem suas namoradas mais famosas dos quadrinhos. Gwen Stacy surge no primeiro ano de Peter na faculdade e os dois tinham tudo para dar certo. O problema? O parágrafo acima. Um dos inimigos de Peter mata Gwen e sua vida é ceifada pelas mãos do Duende Verde.

Não há como falar de Homem-Aranha sem pensar em Mary Jane. Ela era a sobrinha da vizinha de Tia May e sua tia sempre tentava apresentá-la a Peter. Sabendo do perigo de ser um herói, ele evita a menina sempre que possível. Mas quem consegue lidar com os problemas do coração não é mesmo? O destino coloca os dois juntos e o resultado sabemos como é.

Os poderes

Voar pela cidade com suas teias está longe de ser o único poder de Peter. Ao longo dos anos ele acabou ganhando poderes originários da aranha radioativa que o picou. Ele ganha pelos nos dedos e o principal poder da aranha é passado ao menino. Ele consegue escalar superfícies sólidas tem pés e mãos grudados nas paredes. O menino também sofreu grande transformação física. Ele passa a ter uma força descomunal, conseguindo levantar objetos muito pesados e projetar seu corpo a longas distâncias, apenas com a força das pernas. E por falar nelas, Peter também passou a ter uma velocidade maior do que um ser humano comum.

Você já tentou matar uma aranha? Mesmo depois de pisar em cima, elas as vezes conseguem correr devido a resistência de seu corpo. Essa força toda passou para Peter, que consegue resistir a quedas de grandes alturas ou ao golpe de um inimigo com super-força. Um outro poder especial é o chamado Sentido Aranha. Igual o inseto, ele tem uma capacidade extra-sensorial que o permite perceber quando está em uma situação de perigo. Ele tem uma sensação formigante na parte de trás de seu crânio. E já que estamos falando de crânio, Peter possui um Q.I. estimado em 250.

Qual sua parte favorita da história do Homem Aranha?

LEIA MAIS SOBRE MARVEL