Todos os dias estamos pesquisando filmes que ainda não assistimos no Netflix para curtir coisas diferentes, que não estão bombando no momento. E sabe que tem sido uma ótima experiência? Estamos variando desde os clássicos até os filmes que não circularam muito no meio comercial dos cinemas, e estamos amando a experiência. Essa semana assistimos, pela primeira vez, o filme As Vantagens de Ser Invisível com os fofos Logan Lerman, Emma Watson, Ezra Miller e outros tantos mais fofos ainda. Uma comédia romântica com um fundo de verdade maravilhoso demais! Filme para pensar na vida de forma leve e divertida.

Primeiro, vamos à sinopse oficial – ah, eu não li a sinopse antes de ver o filme e nem sabia do que se tratava direito. Se você curte surpresas, como eu, fique a vontade para pular essa parte e ler o texto depois da imagem abaixo, lá não tem spoiler, apenas o que eu achei da produção! 🙂

Sinopse: Charlie (Logan Lerman) é um jovem que tem dificuldades para interagir em sua nova escola. Com os nervos à flor da pele, ele se sente deslocado no ambiente. Sua professora de literatura, no entanto, acredita nele e o vê como um gênio. Mas Charlie continua a pensar pouco de si… até o dia em que dois amigos, Patrick (Ezra Miller) e Sam (Emma Watson), passam a andar com ele.

as vantagens de ser invisivel critica

A falta de capacidade social de Logan mostra bem o que todos nós passamos na adolescência. O menino tem uma vontade de viver e ser alguém que supera seu próprio tamanho, mas, ao mesmo tempo, sofre os preconceitos bobos da idade. O tal bullying que ficou tão famoso entre a geração atual mas que, na década de 1990, era uma coisa normal e passageira, no período escolar. Não estou defendendo o bullying não, só estou dizendo que a forma de lidar com os conceitos mudou muito. Sejam essas formas certas ou erradas.

Recomendo esse filme para você que, assim como eu, está passando por algum momento de mudança de pensamento e vida. Dê uma pausa no seu dia corrido, na corrida pelo ouro e seja você, feche os olhos e se jogue na vida. Seja único, mesmo que em grupo! 🙂 Vale a pena assistir sozinho ou acompanhado! Beijos!