Olá Coxinhos! Ontem fomos assistir ao filme Uma Ladra sem Limites no cinema e preciso compartilhar com vocês meus sentimentos com relação a obra cinematográfica americana quejádeunosaco. Podem ficar despreocupados que não postarei spoilers do filme, apenas minhas impressões sobre o enredo e o contexto geral, belezinha? Vamos que vamos!

 

Antes de mais nada, que tal a sinopse oficial? Sandy Patterson (Jason Bateman) é um paizão, trabalhador e anda louco por uma promoção para melhorar a saúde financeira da família que vai crescer ainda mais, já que sua esposa (Amanda Peet) está grávida. Quando ele estava prestes a dar um salto profissional significativo, descobre que seu nome está sendo usado indevidamente por alguém em outro estado. Com a polícia de mãos atadas para resolver o seu caso, ele resolve viajar para convencer a pilantra (Melissa McCarthy) a se entregar. Só que a missão fica ainda mais complicada na medida que outras pessoas, entre eles um caçador de recompensas, também querem a cabeça dela.

 

uma ladra sem limites filme

 

Comédia americana, básica, do tipo pipoca com guaraná! É ruim? Claro que não, para os que curtem uma sessão da tarde de vez em quando, o filme é super válido. Mas fiquem atentos: Não paguem sessão de cinema esperando história, roteiro muitíssimo bem elaborado e desenvolvido e enredo complexo de explodir cabeças. A história é legal, divertida, a gente acaba rindo das piadas óbvias e  até se emocionando com o pequeno drama que rola também.

 

Acho que fica aqui a dica que este filme é daqueles ótimos para levar a menina que você quer tanto pegar, ou então sua namorada… É daqueles que você compra pipoca, guaraná e um pacotinho de M&M para curtir adoidado, sério. Sookie (referência a Gilmore Girls) continua fofa, ótima e engraçadíssima, para mim, ela é a melhor parte da história. E ah, nós assistimos dublado e a dublagem está meio fraquinha, então, curtam o filme em inglês mesmo se tiverem a oportunidade. 😉

 

Perfil Coxinha

Coxinha Nerd

To querendo ver logo o ‘Meu pé de laranja lima’!
A favor dos nerds e contra a tirania dos Kibes.
Facebook | Twitter