Você escolheria um lixão como um ponto turístico?Iria se programar para fazer uma visita? Se eu estou louca? Não!  Existe mesmo um antigo lixão que hoje é um ponto turístico até que bem procurado. Vem comigo que eu vou contar!

Há uma praia nos Estados Unidos, localizada em Fort Bragg – Califórnia, que no inicio do século XX era usada como lixão pelos moradores da região. Chegou a receber todo tipo de dejeto e conteúdo, de lixo orgânico a carros velhos. Às vezes, até provocavam incêndios para reduzir a quantidade de lixo. Mas hoje ela é conhecida como Glass Beach, ou Praia de Vidro, e possui uma beleza incomum!

Bem, em 1967, o governo local e o North Coast Water Quality Board (Conselho da qualidade da água do litoral norte), fecharam a praia e começaram um intenso trabalho de limpeza e recuperação ambiental. Mas, como passar dos anos, o movimento das águas do mar, batendo na areia da praia, foi quebrando e lapidando os pedaços de vidro que havia no local, tornando praticamente impossível separar os cacos de vidro das pedrinhas da areia. Foi à natureza solucionando o problema gerado pelos humanos. Hoje o vidro, transformado em gemas de todos os tamanhos e cores, espalha-se pela praia e forma um tapete de pedrinhas que brilha a luz do sol!

 

Atualmente essa praia é área de proteção ambiental, mas esta aberta à visitação turística. E ainda que seja oficialmente proibido vasculhar pela areia, muitos são os visitantes que recolhem pedrinhas de vidro lapidado para levar como lembrança.

E embora tenha sido um lixão, hoje a praia também é famosa por sua variedade de vida marinha, que engloba caranguejos, moluscos e plantas aquáticas diversas.

Eu não posso deixar de confessar, mesmo que a ideia de visitar um lixão não seja atrativa, eu gostaria de ver essa praia! E você?

 

Compartilhe: