Twitch, a plataforma líder em vídeos sociais e comunidade para gamers, anunciou o lançamento do AutoMod, ferramenta para seus streamers que emprega o processamento de linguagem natural e o aprendizado da inteligência artificial para identificar e bloquear conteúdo inapropriado no bate-papo da plataforma.

Por facilitar o gerenciamento do chat nos canais dos streamers, a tecnologia ajuda a criar uma experiência positiva para eles e seus fãs. Acionado por meio de um mecanismo de ativação, localizado na Página de Configurações, o AutoMod está disponível em inglês. A Twitch também lançou uma versão Beta em outros idiomas.

O AutoMod é uma ferramenta de moderação única que vai além de filtrar conteúdo impróprio no chat. Quando um membro da comunidade envia uma mensagem que o sistema sinaliza como inapropriado, ela é colocada em uma lista e aguarda a aprovação do moderador. O programa também permite que cada streamer ajuste o grau do filtro da ferramenta, caso eles sejam mais ou menos conservadores sobre o tipo de diálogo que querem que apareça em seu canal. Além de identificar palavras e frases que podem ter conteúdo ofensivo, a tecnologia pode detectar uma série de emoticons, caracteres e símbolos que poderiam ser usados para enganar o filtro.

O sistema une-se a um conjunto de ferramentas de moderação complementares, incluindo possibilitar os streamers a banir links, palavras específicas, frases repetidas e usuários do chat, bem como a capacidade de desacelerá-lo, fazê-lo aceitar apenas emoticons ou habilitá-lo somente para que usuários inscritos, canais parceiros e moderadores do canal possam participar do bate-papo. Além disso, os streamers podem atribuir membros de sua própria comunidade para moderar os chats, usar o Mod Logs 1.1 para acompanhar as ações do moderador e também uma recente opção de Regras do Chat que exige que os espectadores concordem com as regras definidas pelo canal antes de enviarem mensagens.

“O que torna a Twitch uma líder em moderação, além de nossa equipe sempre disponível, é que nós oferecemos aos streamers com um conjunto de ferramentas e os permitimos nomear moderadores confiáveis diretamente de suas comunidades para proteger a integridade de seus canais”, afirma Ryan Kennedy, Líder de Moderação da Twitch. “Isso permite que eles se concentrem em produzir conteúdo de qualidade e gerenciar suas comunidades. Ao combinar o poder dos seres humanos e a aprendizagem das máquinas, o AutoMod capacita todos os  streamers a estabelecer uma linha de base confiável para a linguagem aceitável e moderação durante do bate-papo”.

As equipes de bate-papo, moderação e ciência da Twitch vêm trabalhando no AutoMod há meses para garantir que isso melhorará o controle do chat. Isto inclui um experimento bem sucedido do produto durante as transmissões ao vivo das Convenções Republicanas e Democráticas dos EUA que foram elogiadas pelo tom do discurso no bate-papo. A Twitch revisará regularmente como os moderadores usam o AutoMod para manter sua eficácia.

Além de ser uma poderosa ferramenta de moderação para os streamers, o AutoMod está alinhado com as crescentes iniciativas de inclusão da Twitch. Durante o último ano, a empresa reforçou a inclusão dentro e fora da empresa. Internamente, a companhia formou uma equipe focada na inclusão, que hospedou vários eventos voltados para atrair mais mulheres para o campo da engenharia e colocou em prática outras iniciativas ainda em andamento. Externamente, a Twitch realizou painéis na TwitchCon 2016 dedicado aos públicos LGBT, pessoas de diferentes raças e mulheres em jogos, e introduziu a Cidade Inclusiva, com uma área projetada em parceria com a AnyKey para dar aos participantes do evento uma chance de se conectar com as organizações que estão auxiliando a tornar o mundo dos games um lugar acolhedor para todos.

“A inclusão é importante tanto para a nossa comunidade como para a nossa marca”, comenta Anna Prosser Robinson, Gerente de Programação e líder do Grupo de Inclusão da Twitch. “Uma das melhores maneiras para ajudarmos a trazer a mudança é fornecer ferramentas e educação que capacitam todos os tipos de vozes a serem ouvidas. O AutoMod é uma dessas ferramentas e esperamos que incentive nossos usuários a se unirem a nós em nosso foco contínuo em promover um ambiente positivo nas mídias sociais”.

O aplicativo oficial AutoMod está disponível apenas em inglês, enquanto que uma versão Beta funciona em árabe, espanhol, francês, alemão, italiano, japonês, coreano, polonês, português, russo, tcheco e turco.

Para mais informações sobre o AutoMod, visite o blog da companhia e suas páginas no FacebookTwitter.

Leia mais sobre Tecnologia