TWD: Esse foi para quem queria ação!

-por , em 19/03 -
TWD: Esse foi para quem queria ação!

Depois de vários, vários, vários episódios mornos de The Walking Dead em que inúmeros fãs desistiram da série e saíram por aí comentando negativamente os últimos acontecimentos, chegou a ação que todos queriam. Quer dizer, não foi bem uma ação que todos queriam, mas com certeza sacudiu a mente de muita gente por aí. Os acontecimentos do décimo quarto episódio da quarta temporada foram assustadores, e olha que foi um dos mais humanos e sensíveis que já assisti até hoje. Impressionante, chocante e um banho frio de realidade.

Para quem acompanha só a série, como eu e não devora todos os quadrinhos e livros que surgem com medo de misturar as bolas (como eu, novamente), sabe bem como é feliz a sensação de assistir alguma coisa inédita, sem nem saber o que vai acontecer com todos os personagens e em todos os locais que eles chegam. Assim tem sido The Walking Dead para mim há quatro anos, desde que essa história chegou em minha vida. Para complementar a história, ainda me deparo com inúmeros leitores que consideram minhas críticas infundadas só porque não leio as HQs. Acho que essas pessoas precisam entender que, cada um interpreta e escreve o que quer sobre literatura, cinema e séries. Por isso que crítica é uma coisa pessoal, então, segurem a onda e relaxa aê antes de comprar briga nos comentários.

O último episódio foi tudo o que todo mundo queria entender sobre Carol e sua fixação por matar pessoas, talvez explique até, em certo ponto, o que Michonne e Carl também são: pessoas que se deixaram modificar pelo meio que vivem hoje, pelas necessidades e dificuldades encontradas. Cada personagem carrega, consigo, um tipo de personalidade muito única, que faz com que outros tipos (na vida real mesmo), os critiquem com muita veemência. Talvez isso tudo aconteça porque é complicado demais entender o que se passa pela cabeça do outro.

carol twd

Para quem achava que Carol e Tyresse teriam junto com seus amigos sobreviventes uma família perfeita com várias crianças a partir de agora, o episódio desta semana foi revelador. A menina mais velha, que já tinha histórico de ser a “maluca dos zumbis” porque dava nome aos monstros lá na prisão, resolveu virar defensora número um dos caras. Para provar que eles são amigos diferentes, ela matou a própria irmã e, por causa disso, despertou preocupação em seus tutores.

Depois de uma conversa profunda com Tyresse, Carol disse que não teria como continuar mais naquela situação, que um dos dois deveria partir sozinho com a menina pois seria impossível ela conviver com outras pessoas. No final, Carol sangue frio matou a menina em uma das cenas mais bonitas que já vi em TWD nesses últimos quatro anos. Tyresse ainda ficou sabendo nesse meio tempo que, quem matou sua namorada foi Carol também. Pela primeira vez e em um dos melhores momentos da série, ele compreendeu e a perdoou pela necessidade.

Enfim, final feliz para o grupo Carol-Tyresse. Agora, rumo a sociedade salvadora dos desabrigados e sobreviventes que estão todos indo para lá e quero muito ver logo como vai ser o encontro de Carol e Daryl – peloamordedeus!

Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você