Acredite ou não, The Interview não foi o primeiro filme de Seth Rogen de ser banido e nem é a primeira “treta” da Sony com a Coreia do Norte. Não é algo comum mas, muitas vezes, em cinemas internacionais, são proibidas as exibições de alguns filmes por pedidos,  protestos, ameaças e até preocupações com a segurança do público. Algumas vezes, como no filme Birth of a Nation (O nascimento de uma nação), devido ao conteúdo racista, as razões ficam até bem óbvias. Mas, nessa lista, precisamos concordar que algumas proibições são bem contraditórias. Veja abaixo e depois comente, no final do post, o que achou do TOP 5 filmes censurados por motivos ridículos! 🙂

Aposto que alguns dos filmes vão explodir suas cabeças nerds e cinéfilas, kkkk!

A VIDA DE BRIAN

Banido em várias cidades dos Estados Unidos, em 1979, por causa de  cenas controversas que descrevem o cristianismo.

(Só eu acho que o dublador do Chaves é o mesmo do Brian?) Todo mundo sabe que o cristianismo é um assunto delicado, especialmente quando a  abordagem é uma paródia. O personagem principal, Brian, faz uma sátira à Jesus Cristo. Tudo bem que eles mostram no começo do filme que o cara não é Jesus, mas só algumas semelhanças já fizeram a obra ser banida. Blasfêmia para uns e genial pra outros. Qual a sua opinião?

pagando bem que mal tem

Proibido na Tailândia por causa do tema pornográfico.

É isso mesmo, a Tailândia proibiu o filme por causa das cenas de sexo. Uma das principais capitais de turismo sexual do mundo proibiu um filme por causa do sexo! (what?) A nação que é, infelizmente, conhecida pela exploração de menores, tráfico humano e prostituição, não estava confortável com o conteúdo deste filme. O Ministério da Cultura da Tailândia acreditava que os adolescentes poderiam ser influenciados pelo filme e acabariam produzindo seus próprios filmes pornôs. Então, não era o sexo o problema. Era simplesmente a inabilidade do país de colocar uma faixa etária para o filme não é?

vinhas da ira

Proibida na União Soviética por Joseph Stalin no final de 1940.

Sem lógica alguma, Stalin proibiu o clássico americano de ser exibido na União Soviética, pois mostrava uma família americana pobre. A principal reclamação de Stalin foi que, mesmo as mais pobres famílias americanas, poderiam pagar um automóvel, que é mais do que ele poderia fazer por seu país. (ta né…)

2012

Banido na Coreia do Norte, devido ao significado do ano de 2012.

The Interview foi, na verdade, a segunda rodada na luta da censura cinematográfica entre Coreia do Norte e Sony. 2012 é um grande ano na cultura norte-coreana. Este é o 100º aniversário de Kim Il Sung, avô de Kim Jong Un, e a abertura do Grand Gates. Os “Grandes Portões” eram uma metáfora para o início da ascensão da Coréia do Norte como uma superpotência. Este evento era de suma importância e, lançar um filme-catástrofe com o mesmo nome do ano de um evento de tanta importância, foi inaceitável para o governo Norte Coreano.

as aventuras de barney

Banido na Malásia por ser considerado impróprio para crianças. O filme é proibido até hoje e a Malásia nunca se explicou sobre o assunto.

Sem nenhum motivo além de ser “inapropriado para crianças” a Malásia vive sem a presença do dinossauro roxo até hoje. Vai entender né?

Vocês acharam que os motivos foram lógicos? Comente aqui embaixo 🙂