Você é do tipo gato ou tipo cachorro?

Você é do tipo gato ou tipo cachorro?

Você sabia que, em muitos países que falam a língua inglesa, é bem comum perguntar “Are you a cat ou a dog person?” – algo como “Você é do tipo gato ou cachorro?”. Como se apenas houvesse uma opção, ou você é gato ou você é cachorro e, por incrível que possa parecer, aqui no Brasil não é muito diferente. É como escolher um time de futebol, sabe? Você escolhe um e o defende até a morte, dizendo que o seu time é melhor que os outros, e que os outros são ruins por isso, isso e isso! Igualzinho!

Não estou aqui para generalizar, mas, existe pessoa que não agem com gatos e cachorros da mesma forma, eles dizem: “Ai, cachorro é mais companheiro” ou então “Gato não te ama, ama só sua comida” – frases assim são comumente usadas pelos defensores dos cachorros, por exemplo.

gatos e cachorros

Da mesma forma que alguns costumam dizer “Cachorro late toda hora e é irritante” e outros ainda dizem “Faz sujeira toda hora, bagunça tudo” – esses são argumentos dos ditos catlovers. 🙂

catlovers

Gatos também são companheiros e sabem demonstrar afeto de uma maneira diferente dos cachorros. Assim como nem todo cachorro é bagunceiro e late toda hora. O dono que tem que saber cuidar do bichinho direito né?

gatos e cachorros

Tem pessoas que definem seu próprio caráter pelo animal que tem e que te olham feio se você é um “tipo cachorro” ou “tipo gato” – dependendo do tipo que eles são. Mas agora eu pergunto: Por que só um dos tipos é bom? Por que tem que colocar defeito no outro bichinho?

Eu me considerava uma pessoa do “tipo cachorro” com orgulho e hoje percebo como era ignorante. Eu falava mal de gatos só porque a maioria das pessoas que eu conhecia não gostava deles e achava isso normal. Esse tipo de coisa cria um ciclo vicioso sem motivo algum. De alguns anos para cá, conheci muitas pessoas que amam gatos e que ficavam compartilhando seu amor pelos bichanos – me sentia na obrigação de respondê-los dizendo que os gatos são “inferiores” aos cachorros. Por favor, não seja esse chato! 🙂

Num belo dia, me dei conta: Por que eu faço isso? – Pela minha criação. Percebi que não tinha motivo para essa rixa desnecessária e me permiti ficar apaixonada pelos felinos. Tem como não amar essas fofuras?

Gato Loko

cachorros fofos

Agora, eu tenho uma cadelinha e uma gatinha e, confesso, minha gata foi uma das melhores coisas que me aconteceu. Ela me faz companhia, assiste filmes comigo e é uma fofa! Meu ponto principal é: todos os bichinhos (incluindo outros tantos, como papagaios, periquitos, hamsters, coelhos, jabutis e muitos outros), são lindos e dignos do seu amor!

Ao invés de chamar a pessoa de “tipo gato” ou “tipo cachorro”, pense que ela teve coração para adotar um bichinho para cuidar e dar carinho, independente de sua forma de pensar. Só isso já faz a pessoa ter um caráter bem legal, não acha? 🙂

Comente aqui embaixo sua opinião sobre esse tema! Beijos!

Hegle Evangelista
por

Hegle Evangelista

Dona de um nariz de batata e de uma leve Fobia Social. É muito lerda pra jogar videogame, mas isso não a impede de jogar como se não houvesse amanhã (ou faculdade). Gosta de Metal Sinfônico, de fazer pesquisas, Harry Potter e comer chocolate depois de fazer academia ;D

Recomendamos para você