E FOI UMA BELA DE UMA MUDANÇA!

Mudar os ares de Thor pode não ter sido tão benéfico assim para o deus do trovão. Seus dois primeiros filmes são, até hoje, considerados os mais fracos dentro do Universo Cinematográfico Marvel. Com sua franquia entrando já para seu terceiro filme, Taika Waititi tem a chance de mudar um pouco isso, com um longa que vem animando muitos fãs.

Uma das coisas que mais deixou os fãs da Marvel intrigados foi a mudança da cena onde Hela (Cate Blanchett) destrói o Mjölnir, o martelo místico do Thor (Chris Hemsworth).

No primeiro trailer divulgado do filme, vimos que o fato ocorria em um beco de Nova York, e no último trailer revelado, a cena foi alterada para uma campina e com a adição do Loki (Tom Hiddleston) na cena.

Taika Waititi, o diretor do filme, resolveu então explicar o porque resolveu mudar tanto a cena dessa forma.

O que nós queríamos, era fazer com que eles fossem à Terra e vissem o Doutor Estranho e outras coisas, mas era muito conveniente que de repente ele estivesse descendo a estrada em um beco e, de repente, tudo era tão acelerado e em todo o lugar. Nós queríamos ir para algum lugar tranquilo e, na verdade, relaxar com esses personagens e estar com Odin enquanto ele transmite essa sabedoria e outras coisas sem ter que ouvir carros amarelos buzinando ao fundo. Taika Waititi

Diretor, Thor: Ragnarok

SINOPSE OFICIAL:

Após os eventos de Vingadores: Era de Ultron, o mundo de Thor está para explodir. Seu maligno irmão, Loki, tomou posse de Asgard e a poderosa Hela surgiu para tomar o trono para si própria. Enquanto isso, o Deus do Trovão se tornou prisioneiro do outro lado do universo. Para escapar de seu cativeiro e salvar seu lar da iminente destruição, Thor deve vencer um torneio alienígena mortífero. Para isso, deverá derrotar seu antigo companheiro e aliado – o Incrível Hulk.
Dirigido por Taika WaititiThor: Ragnarok chega aos cinemas nacionais dia 26 de outubro de 2017.
Veja mais sobre Filmes e Marvel
Compartilhe: