Um dos episódios mais incríveis desta temporada, na minha opinião foi o sexto – Always Accountable. Para começar, estamos há alguns episódios aguardando notícias sobre Glenn – tá vivo ou morto esse homem minha gente? Venha discutir com a gente aqui! Depois de um nome no muro de Alexandria, lamentações por todos os lados, uma Maggie grávida chorando pelos cantos e querendo ir atrás do amado e muito desespero com acontecimentos e tragédias em todas as frentes de batalha… eis que ouvimos um mísero HELP e, por cinco segundo, ACREDITAMOS QUE GLENN ESTÁ VIVO DE NOVO! – Só que pode não estar, kkkkk – ou seja, nossa dúvida está eternizada nesta sexta temporada!

Para arrasar nossos corações agoniados, ainda mais, o ator Norman Reedus, que interpreta o Daryl no seriado, informou hoje que aquela voz, pedindo socorro no final do episódio não é o Glenn, que os acontecimentos entre o grupo dele, o de Alexandria e o de Glenn, acontecem simultaneamente e que não está sendo passada uma cronologia muito exata nesses primeiros episódios da temporada. O fato é que só falta um episódio para o mid-season e, depois da próxima semana, queridos nerds, só em 2016 saberemos como estarão as coisas para nossos sobreviventes! Espero que eles mostrem alguma faísca de informação no próximo episódio – não sei se meu coração passa do natal!

Agora, vamos falar um pouquinho da construção do episódio. O mais interessante de ter um episódio inteiro focado em apenas 3 personagens é que, por mais que você não se familiarize com algum deles, fatalmente, terá que prestar atenção e gastar neurônios sendo conquistado sim! Eu não curto muito a Sasha, nunca curti para ser sincera, mas, no último episódio, ela deu um banho de sensatez, de coerência, de amizade, de tranquilidade, de fé no futuro, de humanidade, enfim – me conquistou! Parabéns roteiristas de TWD por conseguirem fazer isso comigo sempre que desisto de um personagem!

Abraham

Adorei todas as passagens do episódio, amei o armamento especial do exército que foi encontrado, achei de uma preciosidade sem fim – ainda mais agora que estamos acompanhando a série Fear The Walking Dead e vendo como tudo estava bem desnorteado para o lado militar americano… Acho que, a cena final, mais do que uma “respiração” naquela dúvida cruel sobre o Glenn (que na verdade assustou, mas não esclareceu nada), foi um momento para limpar a mente e pensar mais no futuro, como a própria Sasha fez. Tem esperança sim. Tem que acreditar sim. Os traumas são superáveis, desde que mundo é mundo! Desistir nunca é uma opção!

Daryl

Agora, bora falar daquele que arranca meu coração toda vez que passa por um aperto: Sir Daryl Dixon – o homem mau horado mais carismático da face da Terra assombrada por zumbis! Só ele mesmo para cair num pântano esquisito e cheio de pessoas/zumbis carbonizados, perder o controle de sua moto, ser sequestrado por 3 pé rapados, quase encontrado pelo grupo mais esquisito e organizado-sem organização do seriado, ter sua besta roubada, recuperada, roubada de novo e ainda por cima, ser um cara bonzinho! Daryl <3 No apocalipse, quero muito ser fuck yeah como você, mas ainda manter um coração de fada kkkkk 🙂 Muito delicado!

CONFIRA A ANÁLISE DO NOSSO PARCEIRO FOXWALKERBR AQUI EMBAIXO – PARA SE INSCREVER NO CANAL DELE, CLIQUE AQUI!

Apaixonada pelo formato diferenciado da sexta temporada inteira, apaixonada pelo rumo dos personagens, pelas curvas de crescimento, pelo aprendizado que todos tiveram, pelas perdas, pelos achados, por tudo! Essa temporada, na minha opinião, está sendo a melhor de todas até agora! E olha que, pelo que vem aí nos teasers dos próximos episódios, o negócio está só esquentando ainda… Tem muito mais! 🙂 Ansiosa! E vocês?

Compartilhe: