The Walking Dead: Now!

-por , em 09/11 -
The Walking Dead: Now!

E já se passaram duas semanas, desde que vimos aquela cena fatídica de Glenn sendo arrastado para o meio dos Walkers, por conta da covardia de Nicolas, e nada, nada, nada de sabermos se nosso coreano favorito morreu, ou não! Na última semana, falamos sobre o episódio-história de Morgan, veja aqui, mas tínhamos muita esperança de que tudo continuasse agora, que descobríssemos o que rolou com o Glenn. Mas, acho que só no final da primeira parte da sexta temporada mesmo, até lá (que não falta muito para acontecer), teremos que continuar nos lamentando e torcendo mesmo!

Começando pelo começo – NOW -, Alexandria está uma verdadeira zona, depois do ataque dos Wolves… O que não impede de piorar um pouquinho mais aquele caos arrumado que o Kirkman consegue fazer né? Com seu toque maquiavélico, ele coloca Rick chegando, a pé, no portão de Alexandria, enquanto metade daquela horda de zumbis, o segue compulsivamente… Como lidar com um Rick correndo, no meio da rua, se desviando de zumbis e gritando “OPEN THE GATE! OPEN THE GATE!”?

Deanna, depois de tudo o que viu e sofreu até hoje, ainda acha que, talvez, não precise ser tão dura assim em um apocalipse zumbi! SERÁ? Rick entra em Alexandria (um salve para Michonne que abriu o portão, porque tava todo mundo com cara de “oi? quem ta falando?”) e já coloca ordem naquela zona. Ele pediu para todo mundo manter o silêncio dentro do complexo de paz que eles acham que tem – já que uma muralha infinita (de seis metros de distância, rs) de zumbis se formou ao redor da cidadezinha… Será que vai dar certo? Claro que não, tudo o que eles sabem fazer é desobedecer ordens…

Nesse meio tempo: Carl tenta ir atrás da menininha mimada que foge o tempo todo de Alexandria para curtir uns momentos de paz e liberdade, o rapaz que estava contra Rick porque seu pai fora brutalmente assassinado (arram), resolve ser bonzinho e pedir para o próprio Rick lhe ensinar a atirar – lembram que Shane ensinou Carl a atirar né? Tá, sou vou largar esse pensamento aqui com vocês… – e Jessie resolve acreditar, FINALMENTE, que o mundo mudou, que eles estão muito ferrados e que precisam fazer coisas fora da tradição cristã que todo mundo vivia antes de TER ZILHÕES DE ZUMBIS NO MUNDO!

Rick

Passadas essas mudanças… Tivemos um pequeno momento de taquicardia no episódio – momento esse que não desejaria nem em meus mais complexos sonhos com The Walking Dead (sim, eu sonho com essas coisas…) – O nome de Glenn foi escrito na parede do In Memorian – uma tristeza ver isso acontecer. E, aí, tivemos uma sucessão de acontecimentos bem complexos também: Maggie aceitou, se revoltou, decidiu correr atrás, revelou que está grávida, pensou, voltou, criou esperança, apagou o nome da parede e resolveu esperar seu amor voltar!

Carl

MAS E O GLENN? Pois é, eu te pergunto… E O GLENN? Queria muito ter descoberto já se esse rapaz está vivo ou morto porque isso está me dando nos nervos, mas não descobri ainda… só desconfio… rsss Na HQ, Maggie se torna uma personagem bem profunda por causa da morte de Glenn, toma parte da liderança e tudo mais! Será que isso vai rolar na série? Será que a morte do Glenn é uma coisa boa? Veremos… 🙂 Até semana que vem!

Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você